Fabricio Moretti
Do Mais Goiás

Marília Mendonça após críticas por BBB: “Fazia tempo que não chorava tanto”

"Talvez vocês tenham conseguido o queriam de mim. Podem ficar felizes, porque eu tô na merda", disse cantora

Marília Mendonça Rodolffo Marília Mendonça após críticas por BBB:
(Foto: Reprodução Instagram/Gshow)

Marília Mendonça afirmou na noite da última segunda-feira (5) que irá se afastar das redes sociais. A cantora ainda disse que “fazia tempo que não chorava tanto”. O motivo são as críticas que a sertaneja vem recebendo desde a formação do Paredão entre Caio, Gilberto e Rodolffo, no BBB 21.

Fã assumida do reality, Marília sempre comentava os acontecimentos do programa na web, pedia a eliminação dos brothers e chegou a fazer festa quando o humorista Nego Di deixou a casa. Contudo, após o amigo Rodolffo ir para a berlinda, a cantora parou de se pronunciar sobre BBB.

O sertanejo se envolveu em diversas polêmicas durante sua passagem no BBB 21 e é constantemente acusado pelos internautas de ser homofóbico, entre outras coisas. O “cancelamento” de Rodolffo é apontado pela web como o motivo por Marília não ter declarado sua torcida no atual Paredão.

Agora, a cantora disse que chegou a chorar com as mensagens que recebeu. “Eu nunca vou entender porque tanto ódio. O que eu fiz que fez doer tanto e voltar para mim? Faz muito tempo que eu não chorava tanto. Vou me afastar porque vai ser melhor”, escreveu a loira no Twitter.

Marília Mendonça compartilhou uma sequência de fotos com alguns comentários que recebeu.

“Cara, sério! Que tristeza. Todas às vezes que eu errei, eu ouvi. Todas às vezes que machuquei, pedi perdão. Eu sempre tentei aprender com meus erros. Eu sempre tentei ser diferente do meu estereótipo, mas tive que ler o dia todo mulheres que resumem minha trajetória em algo que não fiz”, continuou.

A sertaneja disse ainda que tentou não se importar com os ataques sobre o BBB 21, mas que tudo ficou insustentável.

“Palhaça é o menor dos palavrões e ataques e não vão parar. Eu nem devia estar falando, mas aguentei o dia todo numa boa. Minha tristeza é profunda por ser resumida a isso por algumas pessoas. Talvez vocês tenham conseguido o queriam de mim. Podem ficar felizes, porque eu tô na merda“, finalizou Marília Mendonça.

Pai de Rodolffo defende filho por comentários sobre cabelo de João; LEIA AQUI

Polêmicas de Rodolffo no BBB 21

Natural de Uruaçu, Rodolffo entrou na casa no grupo Camarote, mas de início não foi reconhecido por boa parte dos brothers (ele faz dupla com o cantor Israel). No BBB21, logo o músico formou com o anapolino Caio Afiune outra dupla, a de “bastiões”.

No começo do jogo o sotaque do goiano foi zoado por Nego Di e Karol Conká [assista o vídeo]. Quem não gostou nada da cena foi a colega de profissão Marília Mendonça. A cantora usou o Twitter para rebater os brothers e dizer que “o público sertanejo também vota”.

Nego Di foi eliminado com 98,76% dos votos. Karol Conká bateu o recorde de todos as edições do programa, eliminada com 99,17% dos votos.

Passando várias semanas do programa imune, Rodolffo foi considerado parte do grande grupo das plantas da casa. Mas polêmicas não demoraram a começar e, em fevereiro, o cantor foi acusado nas redes sociais de ser homofóbico.

Tudo aconteceu após o beijo entre Gilberto e Lucas Penteado. Diversos internautas apontara que o comportamento do ex marido de Rafa Kalimann com Gil começou a mudar a partir daquela noite.

O próprio Gilberto comentou sobre as atitudes do brother. “Toda vez que eu estou em um ambiente, ele sai. Não entendo o porquê” declarou o pernambucano. Naquele dia, o termo “Rodolffo Homofóbico” foi parar entre os assuntos mais comentados do Twitter.

Na época, a equipe de Rodolffo negou o preconceito por parte do goiano. “Parem de insinuar coisas que não são verdade” escreveu o perfil oficial do brother [leia aqui].

Acontece que, anteriormente, o sertanejo já tinha sido acusado de homofobia após um antigo vídeo vir à tona.

“Eu tenho a minha vida super bem-resolvida com relação à minha heterossexualidade. Eu gosto demais de um monte de gays. (…) Uma das criaturas que mais me fazem dar risada, é a criatura gay. E tá tudo certo. Ele de lá com um boy, e eu de cá com uma girl”, diz o cantor na gravação [assista aqui].

O uso da palavra “criatura” para se referir aos gays foi duramente criticado nas redes sociais.

Um comentário de Rodolffo sobre o vestido de Fiuk fez com que os internautas voltassem a acusar o parceiro de Israel de homofobia.

“Como que leva esse menino (Fiuk) de vestido para as boates em Goiânia?”. “Ele é famoso, famoso dá para levar”, respondeu Sarah. “Em Goiânia os homens são brutos, mas também tem os gays”, acrescentou a loira.

“Essa é a chance de fazer eles mudarem”, ponderou Gilberto. “É, as chérrima (os gays) vão nele”, continuou Rodolffo.

“O que ele fez não é piada, é machismo. Rodolffo precisa entender que não existe graça em zombar de um cara que escolheu usar um vestido. Terrível como no Brasil é preciso ficar explicando que ser homem ou mulher de nada tem a ver com a roupa que você usa”, escreveu um usuário do Twitter.

Para o Mais Goiás, a assessoria do cantor explicou que não comentaria o caso.