Do Mais Goiás

Marido de vereadora ‘renuncia’ a cargo na prefeitura de Goiânia

Guilherme Liberato Alves foi nomeado assessor especial da Secretaria Municipal de Saúde

Vereadora em primeiro mandato, Aava Santiago avalia posição na mesa diretora
Vereadora em primeiro mandato, Aava Santiago avalia posição na mesa diretora. (Foto: Assessoria)

A vereadora Aava Santiago (PSDB) anunciou que o marido “renuncia” ao cargo ao qual foi nomeado para a prefeitura de Goiânia. A nomeação gerou polêmica, junto acomodações de nomes ligados à Câmara Municipal em cargos da prefeitura de Goiânia. Guilherme Liberato Alves foi nomeado assessor especial da Secretaria Municipal de Saúde.

Além de Guilherme, que pelo menos 12 auxiliares nomeados na prefeitura têm ligação com vereadores. Entre eles, Luan Alves, filho de Clécio Alves (MDB), Deborah Sousa, esposa de Gian Said (MDB), Natália Borges, mãe da filha do presidente da Câmara Municipal, Romário Policarpo, possuem cargos no Paço.

Em sua defesa, Aava diz que o marido era qualificado para ocupar o cargo por ter mestrado em Ciências Farmacêuticas, na área de nanotecnologia farmacêutica, com extensão em biotecnologia na Alemanha. Mas afirmou estar “disposta a rever meus passos sempre que as pessoas que acreditam em mim acharem necessário”.

“Mesmo ciente de que ele é totalmente habilitado para contribuir positiva e efetivamente com saúde do município, depois de ouvir pessoas que participaram da construção da trajetória política da vereadora, foi feita a opção pela renúncia ao cargo”, diz a nota. “A decisão foi tomada com base na premissa de um mandato transparente, que se movimenta através da escuta múltipla com disposição a acolher críticas e sugestões”, continua.