Do Mais Goiás

Marconi promete na Fieg governo 4D

Na manhã desta terça-feira, o candidato à reeleição falou sobre suas propostas na área de economia para o segmento empresarial.

O governador Marconi Perillo (PSDB) teve duas agendas em Goiânia durante o dia e uma à noite, na região do Entorno do Distrito Federal, em Águas Lindas.

Na manhã desta terça-feira, o candidato à reeleição falou sobre suas propostas na área de economia para o segmento empresarial.

Durante o evento “Diálogo da Indústria com os candidatos ao governo de Goiás”, Perillo disse que fará governo um “4D”, focado na modernidade, no uso da interatividade e internet para agilizar a burocracia do estado.

O “4D” proposto por Marconi se refere a digitalização, descentralização, democratização e a desburocratização.

As propostas de Perillo foram acompanhadas por 70 empresários, 34 presidentes de sindicatos e associações classistas, políticos e mais cerca de 100 pessoas que compareceram na sede da Fieg.

Pedro Alves, presidente da Fieg,  disse que não é novidade para ninguém que a Fieg procura políticos alinhados com o perfil da instituição: “Queremos um candidato que seja parceiro do setor industrial, tão importante para o desenvolvimento do Estado”.

No encontro, Marconi disse que não vai prometer o que não pode cumprir.  Em vez, ele apresentou o diz ser “ações exequíveis” e que, segundo ele, seriam diferentes dos discursos “demagógicos e ilusórios” dos adversários.

No período da tarde, Perillo fez um hangout (entrevista ao vivo de online) com internautas e discutiu políticas públicas para Goiás por meio do uso das redes sociais.  

No encontro, diferente da Fieg, a discussão era outra e mais voltada para a juventude, que cobrou espaços de diversão. Perillo disse que pretende ampliar as redes públicas de WIFI e democratizar ambientes como o Centro Cultural Oscar Niemeyer e outros do estado, como o Centro de Convenções de Anápolis, em construção.

Em Águas Lindas, a partir das 20h, Marconi se encontra com candidatos a deputado e realiza evento político nos setores Mansões Pôr do Sol e  Setor 1.  Será a quinta vez que Perillo visita a região do Entorno em menos de quinze dias.