Pesquisa

Marconi Perillo têm a maior rejeição na pesquisa Serpes/O Popular

De acordo com a pesquisa, 30,5% dos eleitores afirmaram que não votariam de jeito algum no tucano.


mgadmin
Do Mais Goiás | Em: 06/07/2014 às 20:42:09


O governador Marconi Perillo (PSDB) é o nome mais rejeitado na avaliação da disputa ao governo da pesquisa Serpes, divulgada neste domingo pelo jornal O Popular. De acordo com a pesquisa, 30,5% dos eleitores afirmaram que não votariam de jeito algum no tucano.

O ex-governador Iris Rezende (PMDB) tem a resistência de 19,9% do eleitorado. Já o ex-prefeito de Anápolis Antônio Gomide (PT) e a professora Marta Jane (PCB) aparecem com rejeição igual, de 8,2%, cada. O professor Weslei Garcia (PSOL) tem 7,9%. O empresário e ex-prefeito de Senador Canedo Vanderlan Cardoso (PSB) tem a menor rejeição, de 7%.

Dos eleitores entrevistados, 38,7% afirmaram que não rejeitam nenhum nome e 5,9% não responderam.

A rejeição ao governador alcança 48,1% entre os eleitores que cursaram ensino superior. Entre os que apenas leem e escrevem, o índice cai a 20,1%. O índice de resistência ao nome do tucano também é maior entre eleitores em duas faixas de idade: de 16 a 24 anos (34,3%) e de 25 a 34 anos (34,9%), e ainda entre homens (35,9%).

Em Goiânia, onde o tucano já encontra resistência maior desde as eleições de 2010, a pesquisa aponta 42,2%. Já no Entorno do Distrito Federal, região de grande densidade eleitoral, a resistência cai a 22%. No Norte e no Sul, a rejeição a Iris supera a de Marconi.

A pesquisa foi realizada dos dias 29 de junho a 4 de julho. A margem de erro é de 3,46 pontos porcentuais para mais ou para menos. O instituto Serpes ouviu 801 eleitores.