Encontro

Marconi Perillo recebe representantes do Fórum das Federações dos Trabalhadores

O Fórum aceitou o convite do governador de indicar o nome do superintendente executivo do Trabalho, Jaime Bueno Aguiar.




O governador Marconi Perillo recebeu na tarde desta sexta-feira, dia 11, no Palácio das Esmeraldas, em Goiânia, representantes do Fórum das Federações dos Trabalhadores, que é composto por cerca de 10 federações de trabalhadores, para avaliação das atividades de 2015. O Fórum aceitou o convite do governador de indicar o nome do superintendente executivo do Trabalho. Jaime Bueno Aguiar ocupará a Superintendência Executiva do Trabalho, ligada à Secretaria de Cidadania e Trabalho.

“Tive a alegria de receber a confirmação de que o Fórum das Federações aceitou a Superintendência executiva responsável por toda a área do trabalho e emprego dentro do governo, e indicou o Jaime Bueno Aguiar, que é um sindicalista dos mais experientes. Ele certamente vai trazer para o governo o sentimento das federações. Não só os sentimentos, mas as sugestões, as opiniões, a experiência e o desejo de trabalhar fortemente tanto no Sine, na intermediação dos empregos; quanto na qualificação da mão de obra”, afirmou Marconi.

Ele ressaltou que sempre teve com o Fórum dos Trabalhadores uma relação muito próxima, de muita convergência e diálogo. “E tenho a certeza de que esse diálogo vai aumentar cada vez mais daqui para frente, na medida em que o Fórum volta a ocupar a pasta do trabalho no governo”, declarou.

Jaime Bueno disse que os trabalhadores se sentem honrados pela ocupação da pasta. “Queremos trazer o sentimento dos trabalhadores para ser discutido no âmbito do Estado. Teremos muito trabalho. Vamos percorrer todos os municípios, conversar com o Sebrae, com o Sistema S, com as empresas, trabalhadores, e até com as centrais sindicais. Queremos dar ao trabalhador a oportunidade de se qualificar e se requalificar para enfrentar a crise econômica”.

O coordenador do Fórum dos Trabalhadores, Ageu Cavalcanti, disse que o convite do governador para que o Fórum assumisse a superintendência reforça o valor dos trabalhadores para o governo estadual.