Em Aruanã

Marconi participa de encerramento da 19ª Semana do Meio Ambiente

Evento promovido pela Fieg tem objetivo de conscientizar industriários para o assunto





//

O governador Marconi Perillo (PSDB) participou, neste sábado (1º), em Aruanã, do encerramento da 19ª Semana do Meio Ambiente, organizada pela Federação das Indústrias de Goiás (Fieg). Ela objetiva conscientizar industriários goianos sobre a importância da preservação do meio ambiente e dos recursos hídricos. Marconi foi recepcionado com um almoço de confraternização no Clube do Sesi com a participação de mais de 200 pessoas.

“Nos mandatos que tive no Governo de Goiás as parcerias com o sistema Fieg foram extremamente úteis, benéficas ao nosso Estado. Goiás se transformou em um Estado rico, respeitado em todo o Brasil. Cresceu quase 10 vezes mais, se industrializou, se modernizou, cresceu nas exportações, nos empregos. Cresce acima da média nacional, apesar da crise. Isso se deu graças a nossa maturidade, nossa relação saudável, a nossa relação de amizade”, observou Marconi.

Presidente da Fieg, Pedro Alves de Oliveira corroborou com o governador. Ele estabeleceu uma relação causa/efeito no desenvolvimento que Goiás experimentou nos últimos anos: “Quase sempre o senhor está aqui conosco. É uma demonstração evidente que prioriza o setor produtivo. Graças a essa interação positiva e interativa com o setor produtivo do Estado, com as lideranças, com o fórum empresarial, é graças a isso que Goiás tem se destacado em nível nacional”.

A 19ª Semana do Meio Ambiente teve início dia 30 de julho e contou com uma caminhada ecológica, plantio de 180 mudas de árvores nas imediações do Lago dos Bandeirantes e com uma palestra que teve como tema: Água e Energia.

O secretário Vilmar Rocha aproveitou a oportunidade para fazer um balanço das ações de sua Pasta, durante o período da temporada de férias nos municípios localizados na Região do Araguaia. “Apreendemos 501 quilos de pescado, 26 quilos de caça, 6 tartarugas, 1 jabuti e 2 jacarés. As apreensões resultaram em 49 autos de infração, que somam R$ 193 mil em multas. Foram capturados materiais predatórios como redes, tarrafas, 25 pindas, espinhéis, 3 rifles”, enumerou.

Por meio do programa Araguaia Mais Limpo, contou Vilmar, foram distribuídos 30 mil sacos de lixo e 500 coletores de óleo (Programa Olho no Óleo, da Saneago) e recolhidas 8 toneladas de lixo.

O almoço contou ainda com a presença do superintendente do Sebrae/GO, Igor Montenegro, de membros dos sindicatos filiados à Fieg, diretores do Sesi/GO e familiares.

Acompanhado também pelo secretário Sérgio Cardoso (Articulação Política), enalteceu a relação entre o governo estadual e a Fieg durante os mandatos dele à frente do Executivo. Para Marconi, foi fator determinante para que os números da economia goiana superassem os da média nacional.