30 de junho

Manifestantes pró-Bolsonaro protestam a favor de Sérgio Moro e Lava-Jato, em Goiânia

Organização do ato estima que compareceram cerca de duas mil pessoas; simultaneamente, ocorrem manifestações sobre a mesma pauta, em todo o país


Thaynara Cunha
Do Mais Goiás | Em: 30/06/2019 às 17:20:54

(Foto: Reprodução / André Costa)
(Foto: Reprodução / André Costa)

Apoiadores do ministro Sérgio Moro e do presidente Jair Bolsonaro se reuniram, na tarde deste domingo (30), em frente à sede da Polícia Federal, em Goiânia, para realizar um ato em defesa da Operação Lava-Jato. A manifestação estava prevista para iniciar às 15h.

De acordo com a organização do ato, cerca de duas mil pessoas participaram do protesto. Os manifestantes, trajando roupas verde e amarelo, pediam o fim da corrupção no Brasil, “faxina no STF” e apoiavam a Lava-Jato. Dentre muitas exigências, alguns ativistas pediam, especificamente, o impeachment dos ministros Gilmar Mendes, Dias Toffoli e Marco Aurélio, todos do Supremo Tribunal Federal (STF).

Durante o ato, os apoiadores de Moro também protestaram contra o deputado federal Rodrigo Maia (DEM). Em contrapartida, a população ovacionava o ministro da Justiça e Segurança Pública, Sérgio Moro. O ministro foi constantemente chamado de herói.

Em um dos cartazes estava escrito “Somos todos Moro e ponto final”. Um manifestante confeccionou um caixão, feito em tamanho real, onde dizia “cortando as cabeças da corrupção”.

Simultaneamente, ocorrem manifestações por todo o país para apoiar e protestar sobre a mesma pauta. Os atos deste domingo (30) são organizados pelos movimentos Vem pra Rua, Brasil Livre e Nas Ruas. Em Goiás, ato foi planejado pelo Movimento Nas Ruas Goiás. Organizadores estimam que, pelo menos, outras 203 cidades do Brasil também estejam participando das manifestações.

(Foto: Redes Sociais / Facebook)

(Foto: Redes Sociais / Facebook)

Repercussão

No twitter, os atos deste domingo (30) ficaram em segundo lugar nos Trending Topics. Em seu perfil na respectiva rede social, o ex-juiz e atual ministro da Justiça, Sergio Moro, se manifestou em relação aos atos de apoio a ele e à operação Lava Jato que acontecem neste domingo (30) em diferentes cidades do país.

Ao compartilhar um vídeo do protesto na orla da praia de Copacabana, no Rio, ele comentou: “Eu vejo, eu ouço”.

Os atos deste domingo foram convocados após a divulgação de conversas atribuídas a Moro e integrantes da Lava Jato levantando a suspeita de que o ex-juiz tenha sido parcial no julgamento de Lula, condenado em segunda instância no caso do tríplex do Guarujá (SP).

A revelação dos diálogos, iniciada pelo site The Intercept Brasil em 9 de junho, deixou o titular da Justiça sob ataque.

Movimentos como VPR (Vem pra Rua), MBL (Movimento Brasil Livre) e Nas Ruas, que foram indutores de protestos pelo impeachment de Dilma Rousseff (PT), capitaneiam a organização, ao lado de grupos de menor capilaridade, que mantêm páginas em redes sociais.

**Com informações do O Popular

*Thaynara Cunha é integrante do programa de estágio do convênio entre Ciee e Mais Goiás, sob orientação de Hugo Oliveira