Do Mais Goiás

Manifestação em Goiânia pede impeachment de Bolsonaro e se diz contra o PT

Vestidos de branco, os protestantes carregam bandeiras do Brasil e cartazes que dizem “nem Lula & nem Bolsonaro”

Uma manifestação em Goiânia pede o impeachment de Jair Bolsonaro. O ato, que aconteceu neste domingo (12), também é contra o PT e o Lula. (Foto: divulgação/MBL Goiás)
PT alfineta pouca adesão a atos contra Bolsonaro com vídeo de Haddad em manifestações petistas (Foto de atos do dia 12: divulgação/MBL Goiás)

Uma manifestação em Goiânia pede o impeachment de Jair Bolsonaro. O ato, que aconteceu na tarde deste domingo (12), foi organizado pelo MBL Goiás, Vem pra Rua Goiás, União da Juventude Livre (UJL) e outras lideranças de movimentos estudantis. Os cerca de 800 manifestantes reivindicam a retirada do presidente e também se dizem contra o PT e o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

O protesto teve início por volta das 15h, em frente à sede da Polícia Federal em Goiânia, na Av. Edmundo P. Abreu. Os manifestantes andaram até a T-63 e retornaram à PF por meio da Rua S-1.

Manifestação em Goiânia pede impeachment de Bolsonaro – o que dizem os movimentos

“A pauta é única: impeachment de Jair Bolsonaro. Por isso, pedimos para que todos compareçam de branco, justamente para não promoverem candidatos ou partidos específicos, já que a pauta prevê a união de todos que estão insatisfeitos com o desgoverno Bolsonaro”, afirmou Marco Berquó, um dos porta-vozes do MBL em Goiás.

Vestidos de branco, os protestantes carregam bandeiras do Brasil e cartazes que dizem “nem Lula & nem Bolsonaro”. Além disso, faixas e camisetas manifestam apoio à Operação Lava Jato.

“Somos favoráveis a toda e qualquer operação que, desde que atue dentro da Lei, busque investigar e prender quem comete crimes. Logo, não enxergamos o ex-presidiário Lula como uma opção viável ao cenário eleitoral de 2022”, ressaltou Berquó.