Cidades

Mancha vermelha já passou pela área urbana do Rio Vermelho, em Goiás

Análise bioquímica de amostra da água vai revelar o risco ambiental; prefeitura já busca empresa responsável para responsabilizar por possíveis danos ao meio ambiente


Jairo Menezes

Do Mais Goiás | Em: 23/02/2018 às 17:19:37


(Foto: Auriovane D'Ávila)
(Foto: Auriovane D'Ávila)

Ainda não há registro de mortandade de peixes no Rio Vermelho, após acidente com caminhão carregado de sangue de boi. A informação é do diretor técnico da Secretaria Municipal de Meio Ambiente da Cidade de Goiás, Pedro Vieira, que faz vistorias no leito do rio. Segundo as informações repassadas pelo Corpo de Bombeiros é de que um caminhão tanque biarticulado tombou em área próxima do rio e que a carga caiu no manancial.

Bombeiros chegaram a tempo de ver sangue tingindo água do Rio Vermelho (Foto: reprodução)

“Temos uma preocupação quanto comprometimento do oxigênio da água, mesmo sendo material biológico. Nesse momento (16h50) a mancha vermelha com espumas já saiu da área urbana e segue rio abaixo”, disse o Pedro.

A prefeitura se antecipou a problemas ambientais e de intoxicações, por conta do consumo da água, e emitiu um comunicado à população. Na nota, informa o acidente com o caminhão, que já encaminhou amostras da água para exames e afirma ter alertado à população ribeirinha para ter cautela quanto ao uso da água.

(Foto: Leitor/Via WhatsApp)

ACIDENTE
Eram cerca de 4 horas da manhã, segundo o Corpo de Bombeiros, quando um caminhão tanque biarticulado (bitrem), carregado com cerca de 10 toneladas de sangue capotou na GO-070. As causas do acidente não foram informadas pela corporação, que retirou o motorista das ferragens e informou que teve fraturas, mas estava consciente.

No início da manhã a população estranhou a coloração da água do Rio Vermelho, que mesmo em período chuvoso, como amanheceu essa sexta-feira, não costuma ter a cor alterada. A água estava avermelhada e uma densa espuma estava sob o rio que faz parte do cenário histórico da antiga capital do Estado.

Após acidente, tanque é rompido e derrama sangue no Rio Vermelho (Foto: reprodução)

A Prefeitura da Cidade de Goiás, por meio da Sec. Municipal de Meio Ambiente, vem a público comunicar que:
1º. A mancha vermelha que está no Rio Vermelho é proveniente de uma carga de sangue bovino que estava em uma carreta que se acidentou a 5 KM da cidade.
2º Esta mancha está se deslocando a uma velocidade de 1 Km por hora, neste momento a 200 metros acima do largo da Carioca, o rio já se encontra limpo.
3º Já foi feita a coleta de amostra da água para uma análise mais criteriosa.
4º Estamos acionando a transportadora para explicações e possíveis responsabilidades ambientais.
5º Estamos alertando a população ribeirinha da chegada da mancha vermelha e pedindo a todos da zona rural e urbana, cautela quanto ao uso do Rio.
A Prefeitura da Cidade de Goiás, através da Sec. Municipal de Meio Ambiente esta a disposição para quaisquer esclarecimentos. 62 3371 7724.