Do Mais Goiás

Mais de um milhão de compradores devem passar pela região da Rua 44 nos finais de semana

Só entre a última sexta-feira e este domingo a expectativa é de que 350 mil pessoas passem pelo local

Mais de 350 mil pessoas devem passar pela região da 44 só neste fim de semana. A estimativa é do presidente da Associação Empresarial da Região da 44 (AER44), Jairo Gomes. Porém, ele avalia que esse número deve ser ainda maior para os dois próximos finais de semana.

“Nesta semana o movimento do varejo já aumentou bastante logo após o pagamento da primeira parcela do 13º salário, no último dia 30. Mas esperamos que essa movimentação aumente na semana que antecede o Natal, com aquelas típicas compras de última hora e com o pagamento da segunda parcela do 13º, que deve sair até o dia 20”, diz .

A expectativa do presidente da AER44  é quem entre os dias 21 e 24 de dezembro, mais de 500 mil compradores passem pela região. Ele lembra que a movimentação nos outros dias da semana também tem sido muito positiva.

“Uma média superior a 150 mil pessoas frequentam a região nesses outros dias da semana (de segunda a quinta). Vindas das cidades da grande Goiânia e de várias outras do interior do Estado. Em geral, são famílias que aproveitam o pagamento do 13º para fazer compras de roupas para a família toda e para o ano todo. Já são clientes que compram na modalidade do ‘atacarejo’, levando um número maior de peças, mas para uso pessoal”, explica Gomes.

Outro atrativo da região, segundo o presidente da AER44, é que além das confecções, o forte da região, a 44 nos últimos anos tem ampliado seu comércio para outros itens, também ligados ao mercado da moda, como calçados, acessórios, bolsas, bijuterias, itens de maquiagem e perfumaria. “Para as compras de última hora do natal, esses produtos são muito procurados e acaba que o cliente leva algum outro produto para uso próprio, aproveitando o preço mais baixo”, diz Jairo.

Horário

Desde novembro a 44 está com horário de funcionamento diferenciado para receber esses compradores no varejo ou atacarejo. No mês passado, o polo de confecção e moda começou a funcionar às segundas, das 8h às 17h, dia que normalmente as lojas não abrem. Nas terças, quartas e quintas, o funcionamento é de 8h às 18h; e às sextas e sábado, das 7h às 19h. E desde o último dia 2 de dezembro, as lojas da região também estão funcionando aos domingos, das 7h às 13h. “A região estará ativa também na véspera do Natal, neste mesmo horário das 7h às 13h”, completa o presidente da AER44.

Nós três últimos meses do ano a 44 deve receber cerca de cinco milhões de compradores dois milhões só no mês de dezembro. A expectativa de movimentação financeira é 1,2 bilhão de reais só no mês de dezembro.