Combate ao mosquito

Mais de 70 municípios de Goiás participam de força-tarefa contra o Aedes aegypti

Estabelecimentos comerciais e lotes baldios de 75 municípios serão vistoriados pelas equipes nos dias 6 e 8 de janeiro




Setenta e cinco municípios goianos, de diferentes regiões do Estado, realizarão mutirões simultâneos, com ações padronizadas para eliminar os criadouros do mosquito Aedes aegypti e, desta forma, prevenir os casos de dengue, chikungunya e zika. Esta operação sincronizada, inédita em Goiás, será desenvolvida nas próximas quarta e sexta-feira, dias 6 e 8, pelo Comitê Executivo Estadual de Combate ao Aedes. Na ocasião, todas as residências, estabelecimentos comerciais e lotes baldios nos 75 municípios serão vistoriados pelas equipes.

A estratégia integra o movimento Goiás contra o Aedes, lançado pelo governador Marconi Perillo em dezembro. O movimento tem a meta de visitar 3,1 milhões de domicílios em todo o Estado até 31 de janeiro, e repetir o trabalho nos meses de fevereiro, abril e junho.

Até o momento, a ação foi efetivada em Trindade e em Santo Antônio do Descoberto, no Entorno do Distrito Federal. A operação nas duas cidades serviu de base para a expansão da primeira grande força-tarefa nos 75 municípios.

No último dia 29 de dezembro, o secretário da Saúde, Leonardo Vilela, reuniu-se com representantes de municípios goianos, técnicos da SES e Corpo de Bombeiros, para repassar informações técnicas sobre a infestação do mosquito Aedes aegytpi e de convocá-los a mobilizar a população para alcançar êxito na força-tarefa a ser realizada nos dias 6 e 8 de janeiro.

Os prefeitos assumiram o compromisso de divulgar a ação, mobilizar a população, solicitar a parceria dos representantes das entidades e instituições afins e proporcionar as condições necessárias para sua execução. “Esta ação é de extrema importância para todos nós. Somos muito agradecidos à Secretaria da Saúde pela iniciativa”, sintetizou o prefeito de Urutaí, Nelson Donizete.

Dos 75 municípios, 40 realizarão a ação simultaneamente no dia 6 de janeiro. Os demais 38 desenvolverão a ação no dia 8. As ações prosseguem nos dias 12, 14, 19, 21 e 26 de janeiro, quando será fechado o ciclo de mobilizações do mês de janeiro, totalizando a visita aos domicílios dos 246 municípios.

Tópicos