Do Mais Goiás

Mais de 400 mil pessoas devem passar na região da Rua 44 até domingo

Essa é a expectativa da Associação Empresarial da Região da 44 (AER44). Entidade acredita que local deve receber mais de 1,2 milhão de visitantes em dezembro

A seis dias do Natal e com o pagamento da segunda parcela do 13º para a próxima quarta-feira (20), a movimentação de compradores na Região da 44 em Goiânia deve continuar intensa. Só no último fim de semana antes do Natal mais de 500 mil pessoas passaram pela polo de confecção e moda.

“O movimento maior esta semana é do varejo, especialmente do pessoal que decidiu fazer suas compras de Natal para última hora”, destaca o presidente da Associação Empresarial da Região da 44, Jairo Gomes. Segundo ele, para estes dias que antecedem os festejos natalinos a expectativa é de público de 400 mil pessoas. O presidente também avalia que a meta de 1,2 milhão de visitantes seja ultrapassada.

Diante do intenso movimento de compras na Região, a AER44 tem reforçado a sua recomendação aos lojistas de um funcionamento diferenciado neste fim de ano: na segunda e terça-feira, das 8 Às 18h; da próxima quarta-feira (20) até o sábado (23), das 6h às 21h; no dia 24 de dezembro, a recomendação da Associação é de que as lojas funcionem das 6h às 14h; e nos dias 25 dezembro não haverá funcionamento. “Lembramos que esses horários são uma recomendação aos lojistas, que têm autonomia sobre o funcionamento de suas lojas”, adverte Jairo.

Segurança

O presidente da AER44 também alerta que o elevado fluxo de pessoas num único lugar acaba atraindo pessoas mais intencionadas. Para isso, Jairo Gomes esclarece que a grande maiorias das galerias e shoppings mantém equipes de segurança treinadas para coibir os pequenos furtos. “Temos também o apoio da Guarda Municipal e a presença constante da 37ª CIPM para dar mais segurança aos nossos compradores”, lembra Jairo.

Mas mesmo com atuação da Guarda, da PM e apoio de seguranças das galerias, o presidente da AER44 afirma que os frequentadores da região não podem abrir mão de algumas dicas de segurança que podem evitar alguns transtornos. “Em outubro, quando lançamos a Operação Boas Compras, orientamos às equipes de segurança das galerias e shoppings a distribuir um panfletos com várias dicas formuladas pela Polícia Militar. A medida pode parecer simples, mas seguidas essas dicas os comprador da 44 vai poder aproveitar os preços e produtos da região sem dor de cabeça”, argumenta Jairo.

Se você não conhece essas orientações ai seguem elas:

– Vá às compras, se possível acompanhado;

– Evite mostra seu dinheiro na compra;

– O ideal é usar os cartões de débito ou crédito, ao invés de dinheiro vivo, mas se precisar leva moeda em espécie divida o valor em diferentes bolsos e compartimento de bolsas;

– Tenha cuidado com bolsas, sacolas e carteiras. Mantenhas esses itens próximo a seu corpo;

– Desconfie de empurrões e esbarrões;

– Se estiver acompanhado de crianças, tome cuidado com elas e sempre as mantenhas a vista e ande de mão dada a elas;

– Não utilize, joias ou mesmo bijuterias que chamem a atenção;

– Evite o uso do telefone celular enquanto caminha o faz compras. Se precisar usá-lo, procure um lugar seguro e tranquilo para fazê-lo;

– Evite abrir carteira ou bolsas na rua ou onde há uma grande concentração de pessoas;

– Caso acontece algo acione imediatamente a Polícia Militar.