LUTA

Maguito tem estado grave em luta contra infecção de bactérias, diz médico

Estado de saúde do prefeito eleito teve piora


Eduardo Pinheiro
Do Mais Goiás | Em: 11/01/2021 às 12:12:42

Prefeito de Goiânia, Maguito Vilela (Foto: Reprodução)
Prefeito de Goiânia, Maguito Vilela (Foto: Reprodução)

O prefeito eleito de Goiânia, Maguito Vilela (MDB), está em estado grave e luta contra uma infecção de bactérias e fungos no pulmão. O diagnóstico foi dado pelo médico pneumologista Marcelo Rabahi, que cuida do emedebista desde o início da doença. Maguito está internado há 80 dias no Hospital Albert Einstein, em São Paulo, para tratamento de complicações causadas pela covid-19.

Segundo boletim divulgado no domingo (10), Maguito voltou a ter ventilação mecânica e está submetido a tratamento com drogas vasoativas, para controle da pressão. “Quadro é grave pela fragilidade dele. Não teve piora, mas ainda não voltou ao que estava antes”, avaliou o médico ao G1.

O prefeito eleito chegou a ter melhoras a partir de dezembro, com diminuição da sedação. No natal, Maguito chegou a sorrir ao ver os dois netos, que foram visitá-lo na internação do hospital paulista.

Maguito foi eleito com 277.497 votos. O vice-prefeito Rogério Cruz (Republicanos) assumiu a prefeitura interinamente no dia 1º de janeiro de 2021 durante a recuperação do emedebista.

Vai e vem

A saúde do emebista teve quadros de melhoras e pioras desde o início da internação ainda no dia 20, quando foi diagnosticado com a doença causada pelo coronavírus. Ele foi internado dois dias depois e transferido para São Paulo no dia 27 de outubro com 75% dos pulmões comprometidos. No dia 30 de outubro foi intubado pela primeira vez.

NO dia 8 de novembro foi extubado, mas apresentou piora no dia 15 daquele mês e precisou ser intubado novamente. Ainda iniciou tratamento com ECMO, para dar suporte aos pulmões e coração. Já em dezembro apresentou melhoras e a ECMO retirada. No dia 11, no entanto, apresentou sangramentos nos pulmões e teve que passar por cirurgia, mas apresentou melhoras depois do procedimento.

O quadro de Maguito teve piora, com novo quadro de infecção na última quinta-feira (7).