Estupro de Vulnerável

Mãe flagra ex abusando da filha de 7 anos, em Carmo do Rio Verde

Os dois estavam separados mas eram vizinhos. A criança foi levada para o hospital e passou por exame que constatou o abuso


Kayque Juliano
Do Mais Goiás | Em: 07/01/2019 às 09:26:19

Carmo do Rio Verde. (Foto: Reprodução)
Carmo do Rio Verde. (Foto: Reprodução)

Uma criança de 7 anos foi estuprada pelo ex-padrasto na noite do último sábado (5), em Carmo do Rio Verde, região central de Goiás. A mãe da menina flagrou o momento em que o ex abusava da filha e denunciou o caso na Polícia Civil (PC). O suspeito está foragido.

De acordo com o delegado responsável pela investigação do caso, Ricardo Pereira Alvares, a mãe estava separada do suspeito, mas os dois eram vizinhos.

“Na noite de sexta-feira, o rapaz chegou a ir até a casa da ex e pediu para tomar um banho, mas a mulher negou. Ele então retornou para a casa e, posteriormente, quando a mãe da criança havia ido até a casa da vizinha, pegou a criança e a levou para sua casa onde os abusos aconteceram”, explica o delegado.

Ao chegar em casa, a mãe notou que a filha não estava na residência e foi até a casa do ex. Ao chegar no local, ela flagrou o homem abusando da filha. Desesperada, a mulher entrou em luta corporal com o suspeito, que entrou dentro do veículo e fugiu.

Os policiais receberam denúncias de que o homem teria fugido para a cidade de Uruana, mas ele não foi localizado. A criança passou por exames médicos e, segundo o delegado, foi comprovado vestígios dos abusos na genitália da vítima.

Um inquérito foi instaurado para investigar o crime. O delegado vai ouvir testemunhas e tentar localizar o suspeito. Caso seja preso, o homem poderá responder pelo crime de estupro de vulnerável.