Violência

Mãe e namorada são presas suspeitas de morte de criança de 3 anos no MT

As duas encaminharam o menino cheio de hematomas e já morto à unidade de saúde


Eduardo Pinheiro
Do Mais Goiás | Em: 27/11/2019 às 11:55:19

Menino Davi de 3 anos foi morto e encaminhado pela mãe e namorada ao hospital (Foto: Reprodução)
Menino Davi de 3 anos foi morto e encaminhado pela mãe e namorada ao hospital (Foto: Reprodução)

Duas mulheres foram presas na noite de terça-feira (26) suspeitas de serem responsáveis pela morte do garoto Davi Gustavo Marques de Souza, de apenas 3 anos. O caso aconteceu na cidade mato-grossense de Nova Marilândia, situada a 261 quilômetros de Cuiabá. A criança teria chegada morta na Unidade de Pronto Atendimento do município.

Davi foi encaminhado pela mãe Luana Marques Fernandes, de 25 anos, e pela namorada dela Fabíola Pinheiro Bracelar, de 22 anos, cheio de hematomas. De acordo com informações da Polícia Militar, Fabíola teria deixado a criança no hospital com os médicos e ido embora.

Os médicos que atenderam o menino constataram diversos ferimentos pelo corpo. Fabíola contou aos médicos que o menino sentiu dores, ficou roxo e se contorceu. A mãe e a companheira foram encontradas perto da casa delas e, ao serem questionadas sobre a morte de Davi, Fabíola negou que fosse responsável, Luana se limitou a chorar.

Familiares da criança relataram, no entanto, que o menino sofria maus-tratos e era espancado. Em outra ocasião, Fabíola já teria atropelado o menino, que teve a perna e costelas quebradas.

Conforme expôs a PM, elas foram presas por homicídio doloso, maus-tratos e omissão de socorro.

As informações são do G1.