Adoção ilegal

Mãe doa bebê, se arrepende e denuncia casal que o adotou ilegalmente

Casal que adotou a criança não quer devolvê-la. Caso foi parar na Delegacia da Criança e do Adolescente


Larissa Lopes
Do Mais Goiás | Em: 16/05/2019 às 17:52:35

Foto: Divulgação/PC
Foto: Divulgação/PC

Uma mãe procurou a Delegacia da Criança e do Adolescente (DPCA), em Goiânia, na última terça-feira (14) querendo seu bebê de volta. Ela contou que deu à luz a uma criança no último dia 9 de maio e no dia seguinte a doou a um casal espontaneamente.

Contudo, ela se arrependeu. Sendo assim, procurou pelo casal novamente pedindo a filha de volta. Os adotantes se recusaram a devolvê-la.

A mulher disse na delegacia que havia decidido doar a criança por não ter condições de criá-la. Além disso, ela já possui outros três filhos. No último bimestre de gestação, ela fez contato com o casal interessado. Eles então acompanharam a fase final da gravidez de perto.

Logo depois do nascimento, o pai adotivo e a mãe biológica registraram a menina. “Estamos investigando pois isso fere o Artigo 242 do Código Penal, de registrar o filho alheio como próprio”, explica a delegada responsável pelo caso, Ana Elisa Gomes Martins.

A equipe da DPCA contatou o Conselho Tutelar, que pegou a criança com o casal e a levaram para um abrigo. A bebê de sete dias ficará no local até que o Juizado tome uma decisão de quem terá a guarda da menor.

*Larissa Lopes é integrante do programa de estágio do convênio entre Ciee e Mais Goiás, sob orientação de Thaís Lobo