Do Mais Goiás

Mãe de aluno é suspeita de arremessar livro contra professora durante reunião em Paraúna

Além de arremessar a apostila, houveram também agressões verbais contra a educadora

Pessoa escreve em quadro negro - A mãe de um aluno é suspeita de arremessar um livro contra uma professora durante uma reunião, em escola da cidade de Paraúna. Saiba mais!
Mãe de aluno é suspeita de arremessar livro contra professora durante reunião em Paraúna (Foto ilustrativa: Reprodução - FreePik)

A mãe de aluno é suspeita de arremessar livro contra professora durante uma reunião em uma escola da cidade de Paraúna, na região oeste de Goiás. Segundo a Polícia Militar (PM), a mulher teria se revoltado durante o encontro, quanto atirou a publicação na região do abdômen da docente.

O caso aconteceu por volta das 15h10, da última quinta-feira (9), mas só foi divulgado pela polícia neste domingo (9). De acordo com a corporação, a mãe foi localizada e encaminhada à delegacia, após passar por exame cujo resultado deve compor laudo médico.

Ao Mais Goiás, o Sindicato dos Trabalhadores em Educação em Goiás (Sintego) repudiou o ocorrido e informou que a própria coordenação da escola  orientou a educadora a denunciar o caso. O motivo que levou às agressões ainda não foi esclarecido ao sindicato.

“Além de arremessar a apostila, ela [mãe] também partiu para agressões verbais. “[Soubemos que] já tomaram as providências”, aponta comunicado a entidade.

A reportagem tentou contato por telefone com o delegado responsável pelo caso, a fim de saber mais detalhes sobre o caso. No entanto, o investigador não atendeu às ligações, até a publicação desta reportagem.

Portanto, não é possível confirmar se a mãe do aluno foi presa, autuada ou se está em liberdade.

*Larissa Feitosa compõe programa de estágio do Mais Goiás sob supervisão de Hugo Oliveira.