Investigação

Madrasta que deu cerveja para enteada diz em depoimento que era ‘brincadeira’

Mulher, de 25 anos, disse estar arrependida e que já estaria alterada no momento em tudo aconteceu. Madrasta pode responder por fornecer bebidas alcoólicas para menores


Joao Paulo Alexandre
Do Mais Goiás | Em: 13/08/2019 às 18:58:27

Imagens do vídeo gravado pela madrasta com e enteada em Bom Jesus de Goiás (Foto: Reprodução)
Imagens do vídeo gravado pela madrasta com e enteada em Bom Jesus de Goiás (Foto: Reprodução)

A madrasta de uma criança de seis anos alegou em depoimento, na manhã desta terça-feira (13), que deu cerveja para a enteada como uma “brincadeira”. A mulher, de 25 anos, aparece em vídeo dando a bebida alcoólica a menor e ainda comemora o ato. A gravação viralizou nas redes sociais e causou revolta na população de Bom Jesus de Goiás, a 228 quilômetros de Goiânia.

De acordo com o delegado Vinícius Penna, a mulher disse estar arrependida e que a enteada não fez consumo excessivo da bebida. Ela afirmou que a criança teria tomado apenas “alguns goles”. O delegado também destaca que a madrasta alegou que já estava alterada quando tudo aconteceu e que teria postado as gravação em um grupo “sem querer”. Após o depoimento, ela foi liberada.

Vinícius pontua que outros familiares ainda serão ouvidos no decorrer dos dias para o encerramento do inquérito. O delegado destaca, também, que aguarda um relatório do Conselho Tutelar para ajudar nas investigações. A mulher pode responder por fornecer bebidas alcoólicas para menores. O crime está previsto no Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA) e prevê pena de dois a quatro anos de prisão.

O pai da criança, um trabalhador rural, também foi ouvido pelo delegado. Ele não estava em casa no momento do episódio e disse que ficou surpreso com toda a situação. A menina está sob os cuidados da avó paterna.

 

 

Ver essa foto no Instagram

 

Uma publicação compartilhada por Mais Goiás (@maisgoias) em