Prostituição

Madrasta é presa por obrigar enteadas a se prostituírem, no Tocantins

As vítimas de 11 e 15 anos tiveram relações sexuais com homens entre 34 e 90 anos


Da Redação
Do Mais Goiás | Em: 06/11/2019 às 17:45:50

A polícia conseguiu identificar sete homens que mantiveram relações sexuais com as garotas. Eles têm 34, 35, 41, 44, 58, 71 e 90 anos (Foto: Ricardo Nogueira/Folhapress)
A polícia conseguiu identificar sete homens que mantiveram relações sexuais com as garotas. Eles têm 34, 35, 41, 44, 58, 71 e 90 anos (Foto: Ricardo Nogueira/Folhapress)

Uma mulher, madrasta de duas adolescentes, foi presa suspeita de obrigar as meninas a se prostituírem. A prisão foi na última sexta-feira (1º), em Miranorte, Tocantins. As enteadas, de 11 e 15 anos, eram forçadas a ter relações sexuais com homens de até 90 anos em troca de dinheiro e favores.

De acordo com a Polícia Civil (PC) do Tocantins, os crimes aconteceram entre junho e setembro de 2019. A investigação, feita pela 66ª Delegacia de Miranorte, apontou que os valores cobrados pelas relações sexuais eram entre R$ 100 e R$150. O dinheiro era repassado à madrasta. A mulher ainda dava bebida alcoólica para as vítimas antes dos programas.

A polícia conseguiu identificar sete homens que mantiveram estupraram as garotas. Eles têm 34, 35, 41, 44, 58, 71 e 90 anos e foram indiciados por estupro de vulnerável e favorecimento à prostituição. Contudo, todos vão responder em liberdade.

A identidade da madrasta não foi revelada para preservar a privacidade das enteadas que são menores de 18 anos, em cumprimento ao Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA). Por isso, a polícia também não divulgou o paradeiro do pai e da mãe das garotas.

Ainda segundo a PC, a mulher está presa na Cadeia Pública de Lajeado e foi indiciada pelos crimes de estupro de vulnerável, favorecimento à prostituição de adolescente e fornecimento de bebida alcoólica a menores de idade. Como não possui advogado, ela será assistida por defensor público.

*Com informações dos sites G1 Tocantins e UOL