Goiás Agora

Luiz Maronezi assume comando da SED por tempo indeterminado

Superintendente assume vaga deixado por Thiago Peixoto, que decidiu retomar o mandato de deputado federal

O superintendente executivo da Secretaria de Desenvolvimento de Goiás (SED), Luiz Antônio Faustino Maronezi, assumiu interinamente o cargo de secretário de Desenvolvimento Econômico com o desligamento de Thiago Peixoto, que decidiu retomar o mandato de deputado federal. À convite do governador Marconi Perillo, Maronezi assume o comando da pasta, sem saber o tempo de permanência no cargo.

O secretário em exercício reuniu a equipe Sed nesta terça-feira (12/07) para se apresentar e passar orientações gerais. “O gabinete estará aberto a vocês. Vamos desburocratizar os processos. As ações do deputado Thiago Peixoto serão mantidas. Quero continuar, por exemplo, a realizar as reuniões semanais com as superintendências executivas e equipes para apresentação dos projetos em andamento e integração dos trabalhos”, disse Maronezi.

Depois de passar pela Segplan, o economista Thiago Peixoto assumiu a Sed em março de 2016, passou um período em Brasília para voltar no processo de impeachment da presidente Dilma Rousseff, reassumiu a pasta e a deixou definitivamente em 8 de julho para reassumir o mandato. “Lamentamos a saída do Thiago, que é um jovem dinâmico. Mas temos a missão de manter a SED apresentando bons resultados”, disse Maronezi.

Perfil

Formado em Contabilidade e Direito, o empresário Luiz Maronezi atuou por vários anos na iniciativa privada, foi liderança sindical e classista no interior paulista e ocupou vários cargos e funções na administração pública goiana, sempre em áreas relacionadas com o setor produtivo, industrial e econômico. É um dos mais experientes dos quadros do Governo de Goiás. Desde janeiro de 2015 é superintendente executivo da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Científico e Tecnológico e Agricultura, Pecuária e Irrigação (Sed). Na estrutura da pasta, a função é a que responde na ausência do titular.