Celebridades

Loja virtual de cosméticos indenizará Glória Pires por uso indevido de imagem

A empresa usava fotos da atriz para divulgar um milagroso creme anti-rugas e deverá pagar à global o valor de R$ 40 mil


Murillo Soares
Do Mais Goiás | Em: 28/03/2018 às 10:55:49

(Reprodução/Rede Globo)
(Reprodução/Rede Globo)

Em 2012, a empresa Nutralogistic utilizou uma foto de Glória Pires, sem seu consentimento, para vender um creme “milagroso” anti-rugas. A atriz processou a loja virtual pelo uso indevido de sua imagem. E, segundo uma determinação da Justiça do Rio de Janeiro publicada nesta semana, terá de pagar à global R$ 40 mil em indenização.

De acordo com informações da revista Veja, além deste valor, Pires poderá receber mais dinheiro, referente aos danos materiais do processo. A empresa tem 15 dias para recorrer a decisão.

Se isso não acontecer, começará a negociação do valor da indenização por danos materiais. Em entrevista à publicação, Ricardo Brajterman, advogado da atriz, explicou que a quantia será baseada no cachê que Glória normalmente recebe em trabalhos parecidas.

Ele também sublinhou que processos assim acontecem com outras figuras da mídia. “Empresas vendem produtos de procedência duvidosa e usam a imagem de personalidades notórias para atrais os consumidores, mas sem pagá-las por isso”, disse. (com informações da Veja)