Ladrão se arrepende de furto e compra televisão para a vítima, no MS

Suspeito parcelou o pagamento em dez vezes. O novo aparelho foi entregue em uma delegacia de Campo Grande

polícia campo grande furto Ladrão se arrepende de furto e compra televisão para a vítima, no MS
(Foto: Divulgação Polícia Civil)

Os policiais do 6ª Distrito de Polícia de Campo Grande, no Mato Grosso do Sul, se depararam com uma cena inusitada na última sexta-feira (5). Um homem de 22 anos se arrependeu de ter furtado uma televisão e comprou uma nova para a vítima.

Segundo a Polícia Civil (PC), como o aparelho anterior estava danificado, o suspeito comprou uma TV nova e parcelou o pagamento em dez vezes. A nova televisão foi entregue na delegacia da cidade.

A vítima do furto foi até o local buscar o objeto, avaliado em cerca de R$ 2 mil. O jovem ladrão já foi indiciado pela prática de três furtos em residências.

Na semana anterior, os policiais de Campo Grande recuperaram um notebook, dois televisores e um micro-ondas. Foi nesta ação que souberam de um terceiro aparelho, a televisão que estava danificada.

De acordo com o G1, os furtos ocorreram em fevereiro nos bairros Ramez Tebet e Nova Lima, porém, o suspeito é morador do bairro Tijuca.

Homem rouba carro, se arrepende e escreve carta com pedido de desculpas

Em dezembro do ano passado, em Goiânia, um fato inusitado aconteceu após o roubo de um carro. O ladrão se arrependeu do crime, devolveu o veículo e ainda escreveu uma carta pedindo desculpas pelo acontecido.

O roubo aconteceu em frente a uma igreja evangélica, logo após o culto, contra o pastor. De acordo com informações da Polícia Civil (PC), o ladrão abordou a vítima com uma arma de fogo na saída do culto. Além do carro, ele levou dois celulares.

No dia seguinte, o veículo foi encontrado e devolvido ao pastor. No mesmo dia, uma mulher ligou para a vítima e disse que um dos celulares havia sido encontrado e que ela queria devolvê-lo.

No momento em que o aparelho foi devolvido, ela entregou para ele uma carta, supostamente escrita pelo autor do crime. Leia na íntegra aqui!