Kitão vê DEM e PSL fortalecidos com fusão, mas aguarda para decidir futuro

Vereador é presidente municipal do PSL e pode entrar na corrida eleitoral de 2022

Kitão vê DEM e PSL fortalecidos com fusão, mas aguarda para decidir futuro
Kitão vê DEM e PSL fortalecidos com fusão, mas aguarda para decidir futuro (Foto: Reprodução / Facebook)

O vereador por Goiânia Lucas Kitão (PSL) vê PSL e DEM fortalecidos com a fusão. Ele, contudo, aguarda as definições de diretórios para definir seu futuro – se permanece ou muda.

“Aguardando as composições em Goiás, o diretório estadual… Então resolvi esperar para dialogar”, revela o vereador que é presidente municipal do PSL.

Questionado sobre disputar o pleito no ano que vem – para deputado estadual ou federal -, ele diz ainda estar cedo para decidir. “Ainda dependo das definições”, revela.

Ele aproveitou, ainda, para comentar sobre a chapa majoritária de Ronaldo Caiado e vaga para o Senado, tão disputada. Na opinião dele, o delegado Waldir – presidente estadual do PSL e deputado federal – se credencia ainda mais para o cargo.

“Acredito que ele será o candidato. Ele está bem nas pesquisas”, conclui.

A fusão entre DEM e PSL foi definida na última semana. Desta forma, em Goiás, o partido já nasce forte.

São 82 prefeitos (77 do DEM e cinco do PSL), quatro deputados federais (dois de cada sigla), sete estaduais (quatro do DEM e três do PSL) e centenas de vereadores, além do governador Ronaldo Caiado (DEM).

Esse números tendem a mudar. Com a força que o partido terá, o que impacta no fundo eleitoral e também no tempo de rádio e TV, novos nomes devem buscar filiação – e outros podem sair, caso os conflitos regionais se mostrem incontornáveis.