Bling, bling

Katy Perry foi a mulher mais bem paga da indústria musical em 2018

Logo depois, estão as cantoras Taylor Swift e Beyoncé. As três lucraram com venda de discos e shows lotados. Ranking foi feito pela revista Forbes


Murillo Soares
Do Mais Goiás | Em: 21/11/2018 às 19:45:51

(Foto: Reprodução/YouTube)
(Foto: Reprodução/YouTube)

O disco Witness pode não ter sido o sucesso de crítica que Katy Perry esperava, mas a ajudou a ser a mulher mais bem paga da indústria musical em 2018. O levantamento foi feito pela revista Forbes. Ao todo, a cantora lucrou US$ 83 milhões. O ranking continua com Taylor Swift e Beyoncé, que acumularam US$ 80 milhões e US$ 60 milhões, respectivamente.

O lucro das três veio, majoritariamente, de turnês. A Witness World Tour de Katy Perry – que passou pelo Brasil com participação especial de Gretchen – chegou a lucrar US$ 1 milhão por noite. A cantora também faturou uma nota como jurada do American Idol (cerca de US$ 20 milhões).

Agradeça às cobras

A segunda colocada do ranking, Taylor Swift, também somou uma boa quantia com parte da Reputation Stadium Tour. A cantora se apresentou em 53 arenas da América do Norte, Europa, Oceania e Japão que tiveram lotação máxima. De acordo com a Forbes, o único motivo de ela não estar no primeiro lugar do ranking é que a maioria das datas da turnê foram após o tempo de análise estipulado pela revista. (Quem sabe no ano que vem, Tay!)

Além disso, Swift deve agradecer ao buzz envolvendo seu nome no lançamento do disco Reputation (e à sua legião de fãs fiéis). Este, que foi o sexto projeto de estúdio da cantora, vendeu mais de 2 milhões de cópias na primeira semana de lançamento. Houve ainda um ganho extra quando a popstar devolveu toda a sua discografia às plataforma de streaming, estimado em US$ 300 mil nas primeiras semanas (e apenas nos EUA, segundo a Billboard).

Majestade é majestade

Ao contrário das colegas de ranking, Beyoncé não divulgou muito o trabalho que fez no último ano e nem usou grandes estratégias de marketing para vender seus produtos. Afinal de contas, ela é A Beyoncé e não precisa mais disso.

Em 2018, a cantora lançou o disco Everything Is Love, ao lado do marido, Jay-Z. Juntos, os dois embarcaram em na On The Run II, uma turnê com shows na América do Norte e na Europa, lucrando em todas as 48 apresentações que fizeram.

Rihanna, Britney Spears, Lady Gaga e Pink também estão na lista da Forbes.

Veja a lista das mulheres mais bem pagas da indústria da música em 2018:

  1. Katy Perry – US$ 83 milhões
  2. Taylor Swift – US$ 80 milhões
  3. Beyoncé – US$ 60 milhões
  4. Pink – US$ 52 milhões
  5. Lady Gaga – US$ 50 milhões
  6. Jennifer Lopez – US$ 47 milhões
  7. Rihanna – US$ 37.5 milhões
  8. Helene Fischer – US$ 32 milhões
  9. Celine Dion – US$ 31 milhões
  10. Britney Spears – US$ 10 milhões