Do Mais Goiás

Karol Conká diz que ódio contra ela deveria se centrar em Bolsonaro

Ex-BBB foi eliminada do BBB 21 com recorde de rejeição do público: 99,17% dos votos

BBB 21 Karol Conká diz que ódio contra ela deveria se centrar em Bolsonaro
(Foto: Reprodução Redes Sociais)

Mesmo com uma extensa carreira na música, a rapper Karol Conká ficou conhecida do grande público ao participar do BBB 21. A fama, como todo mundo já sabe, não foi das melhores: a curitibana brigou com grande parte dos confinados e foi acusada de tortura psicológica. Eliminada do reality com o recorde de 99,17% de rejeição, a artista rapidamente mudou sua postura e, na tentativa de “consertar” sua imagem, agora é só sorrisos. Recentemente, Conká disse que toda a raiva contra ela deveria se centrar no presidente Jair Bolsonaro (sem partido).

“Isso merece o gasto de energia para ir às redes ou às ruas e protestar. Nossa raiva tinha que ser canalizada para isso. Então, estou de mão dada aí com todo mundo que é fora morte, fora Bolsonaro. Estou na torcida para que o milagre aconteça”, disse a cantora.

Sobre o ódio que vem recebendo desde que saiu do BBB 21, Karol Conká sente que as pessoas tiram dela o direito de defesa e de retratação. “É como se nem preta eu fosse mais”, diz a rapper, que conta que foi taxada de racista porque brigou com outro participante negro, Lucas Penteado. “Comunidades brigam entre si, pretos brigam entre si.”

Vale lembrar que, no programa, Karol chegou a gritar para que Lucas não estivesse na cozinha enquanto ela fazia suas refeições. Mesmo afirmndo que perdoou os colegas de confinamento fora do reality, Lucas Penteado disse no mês passado que ainda está magoado após ser hostilizado e sofrer bifobia.

Karol Conká diz não ter orgulho em saber que suas tretas no BBB 21 levaram o reality a recordes de audiência. “Isso mostra o quanto as pessoas amam odiar”. O mais difícil, segundo ela, é ceder a um público que clama por retratação. “Quando [o público] vê uma celebridade se desculpar, responde que ela está mentindo. É como se eu tivesse cometido uma atrocidade”, acrescentou.

A cantora revelou que, ao sair do confinamento, fez um detox virtual de dois meses. “Pedi para a equipe trocar minhas senhas e apaguei os aplicativos do celular”.

E por falar em ex-BBBs, o queridinho do público Gil do Vigor afirmou recentemente que não quer amizade com Karol.

“Amizade eu não quero não. A gente brinca, mas quando eu fiquei desestabilizado naquela briga com o Arthur e ela fala pra Pocah que livrou ela do paredão, me deixou muito chateado, porque não era uma briga. Ela me desestruturou emocionalmente, eu fiquei mal ao ponto de querer sair do programa”, disse Gil.

Karol Conká elogia Juliette e diz que segue conselho de paraibana; LEIA

Sarah, do BBB 21, é alvo de críticas após nova declaração sobre Bolsonaro; LEIA