Briga na justiça

Justiça nega ação de danos morais de Marconi Perillo contra Fernando Krebs

Processo foi motivado por um tweet do promotor que relacionava o ex-governador a Carlinhos Cachoeira e a Demóstenes Torres


Artur Dias
Do Mais Goiás | Em: 26/02/2019 às 21:58:52

(Foto: Reprodução)
(Foto: Reprodução)

A justiça negou, no final da tarde desta terça-feira (26), ação de danos morais movida pelo ex-governador Marconi Perillo contra o Promotor de Justiça Fernando Krebs.

A ação foi movida por causa de postagem feita por Krebs no twitter que relacionava Marconi a Carlos Augusto Ramos, o Carlinhos Cachoeira e ao ex-senador Demóstenes Torres.

Na mensagem, o promotor publicou o seguinte texto:

“Hoje é dia do amigo! Será que o @marconiperillo já ligou pra o Cachoeira e o Demóstenes?”

Nos autos, o Juíz Maurício Porfírio Rosa afirmou que o fato de Krebs ter relacionado as três pessoas em redes sociais “não traduz em fato tendente a macular a imagem ou a honra deste, e ensejar direito a indenização por danos morais deles decorrentes”.

Maurício disse ainda que “as críticas aos agentes públicos constituem em eficaz instrumento para controle de atos de governo, para que a sociedade possa valorar assuntos de interesse geral provenientes daqueles que atuam em qualquer das esferas de Poder”.

Resposta

O promotor Fernando Krebs repercutiu a decisão no Twitter e no Instagram com a seguinte mensagem:

(Foto: Reprodução/Instagram)