Justiça mantém 8 anos de condenação a Dirceu, que lança livro em Goiânia

O evento ocorre na próxima semana, na Assembleia Legislativa, e a decisão do Tribunal foi dada nesta quarta-feira (28)


Bárbara Zaiden
Do Mais Goiás | Em: 28/11/2018 às 18:49:39


José Dirceu (PT), cuja condenação mantida pelo o TRF-4 nesta quarta-feira (28), teve presença confirmada no lançamento do livro autobiográfico em Goiânia. O evento está marcado para  na quinta-feira (6), às 18h30, na Assembleia Legislativa de Goiás (Alego).

A confirmação de presença do ex-ministro da Casa Civil foi dada pela assessoria de imprensa da deputada estadual Adriana Accorsi (PT). O Tribunal Regional Federal da 4ª Região teria negado o pedido da defesa e manteve a condenação de oito anos e dez meses de prisão ao ex-presidente do Partido do Trabalhador. A informação é da Agência Brasil.

Dirceu foi preso duas vezes pela Operação Lava Jato, mas está em liberdade desde junho, por decisão do Supremo Tribunal Federal (STF). O livro foi escrito de dentro da prisão e conta toda a trajetória de vida do político brasileiro.

“Eu não posso abandonar a luta enquanto há condições de lutar. E eu escrevi na prisão. Escrevi sentado em uma cama, sem mesa e cadeira com uma luz muito ruim. Escrevia aos sábados e domingos”, disse o ex-presidente do PT,  que percorreu 19 capitais brasileiras para o lançamento da obra.

Intitulada Zé Dirceu – Memórias Volume 1, a obra traz os bastidores da militância estudantil nos anos 1960, o exílio e o treinamento em Cuba, a cirurgia plástica que mudou o rosto do ex-ministro. Além da vida clandestina no Brasil nos anos 1970, a volta à legalidade com a anistia, em 1979, e a criação e presidência no PT. O livro ainda revela bastidores da luta política dentro do PT e do governo.