Responsabilidade

Justiça disponibiliza 1,5 mil testes de DNA gratuitos para goianos que querem ter a paternidade reconhecida

A ação faz parte do Programa Pai Presente do Tribunal de Justiça do Estado de Goiás


Bárbara Zaiden
Do Mais Goiás | Em: 16/02/2019 às 10:58:26

Teste de DNA (Foto: Reprodução)
Teste de DNA (Foto: Reprodução)

Goianas e goianos que se interessam em ter a paternidade reconhecida agora podem fazer os testes de DNA gratuitamente. Ao todo, serão disponibilizados 1,5 mil testes. A ação faz parte do Programa Pai Presente, responsabilidade do Tribunal de Justiça do Estado de Goiás (TJ-GO).

O intuito do programa é, além de identificar o pai, fortalecer os vínculos com os filhos e mostrar que o homem deve ser reconhecido como participante afetivo na vida deles. O objetivo é contribuir com o desenvolvimento psicológico e social dos filhos.

O pedido pode ser feito pela mãe, indicando o suposto pai. Se o filho ou a filha forem maior de idade, é possível que eles mesmos deem início ao processo. Mas o pai também pode participar de forma espontânea. Depois da confirmação, é possível fazer um novo registro que tenha o nome da mãe e do pai.

O processo funciona assim: com o pedido oficializado, o juiz tenta localizar e intimar o suposto pai para que ele se manifeste. O teste de DNA é realizado caso o homem apontado tenha dúvidas da paternidade. O resultado sai em até três dias úteis. O processo é totalmente gratuito e sigiloso.

Em Goiás, o Programa Pai Presente existe desde abril de 2012 e já foram feitos mais de 14 mil reconhecimentos paternos. Em Goiânia, os atendimentos são feitos no Tribunal de Justiça do Estado de Goiás, no Setor Oeste, de segunda a sexta-feira, das 8 às 18 horas. Os interessados podem entrar em contato pelos telefones 3216-2442 ou 9145-2237 ou pelo e-mail [email protected]