Ton Paulo
Do Mais Goiás

Justiça determina punição a Major Araújo por propaganda contra Maguito

O juiz da ação entendeu que a propaganda de Araújo atentava "com a honra e imagem" de Vilela

A Justiça Eleitoral puniu o candidato a prefeito de Goiânia Major Araújo (PSL) com a retirada de um dia da propaganda eleitoral em razão de ataques ao também Maguito Vilela (MDB), líder da coligação que moveu a ação.

A coligação Pra Goiânia Seguir em Frente, de Maguito, já havia conseguido anteriormente na Justiça o direito à retirada de uma outra propaganda em que Major Araújo atacava o emedebista. A coligação agora teve uma nova ação deferida em razão de outra propaganda veiculada pelo candidato do PSL, com ataques tanto contra Maguito Vilela quanto contra Vanderlan Cardoso.

Ao julgar a ação, o magistrado entendeu que “a propaganda veiculada dissemina informações que atentam contra a honra e a imagem do candidato” o que consuma a “ilicitude da propaganda negativa, configurando um tipo de recurso capaz de criar estado anímico negativo na opinião pública.”

A reportagem tentou contato com Major Araújo para falar sobre a decisão, mas não obteve retorno. O espaço permanece aberto.