Justiça

Justiça condena a 66 anos de prisão professor acusado de estuprar sete crianças

O acusado era professor em uma escolinha de futebol na cidade. A primeira denúncia foi feita pela mãe de uma das crianças ao saber que o filho tinha sido violentado. O menino confessou que sofria abusos.


Da Redação
Do Mais Goiás | Em: 14/09/2019 às 08:55:55


A Justiça do Ceará condenou a 66 anos e oito meses de prisão um professor acusado de estuprar sete crianças e adolescentes menores de 14 anos em Cedro, no interior do Ceará. A sentença foi proferida no último dia 3.

De acordo com o Diário o Nordeste, o acusado era professor em uma escolinha de futebol na cidade. A primeira denúncia foi feita pela mãe de uma das crianças ao saber que o filho tinha sido violentado. O menino confessou que sofria abusos. A partir de então, outros colegas também denunciaram o homem.

Ele foi denunciado formalmente à Justiça em 18 de dezembro de 2018, por meio da Promotoria de Justiça de Cedro.

“As declarações das vítimas, menores de 14 anos, são uníssonas, ao afirmarem que o indiciado praticava com elas ato libidinoso diverso da conjunção carnal. Percebe-se, sobretudo, a vergonha que as vítimas têm em contar esses episódios tristes que foram submetidas”, consta na denúncia.