Tentativa de feminicídio

Justiça aceita denúncia contra homem que tentou matar esposa por não repassar dinheiro à filha

Conforme a denúncia, um policial que passava pelo local escutou os gritos da filha da vítima e chamou uma unidade do Corpo de Bombeiros, que socorreu a mulher. Caso ocorreu em novembro de 2019

Cidades

Jessica Santos
Do Mais Goiás | Em: 21/02/2020 às 10:06:11

(Foto: Divulgação/TJGO
(Foto: Divulgação/TJGO

A Justiça de Goiás aceitou denúncia do Ministério Público (MP-GO) e determinou que a citação de Vanderlei Ungarelli, de 68 anos, para responder a acusação de tentativa de feminicídio ocorra em 10 dias. A decisão é do juiz Jesseir Coelho de Alcântara. O réu é acusado de cometer o crime contra a esposa por ela não repassar dinheiro para a filha do casal, que faria a prova do Enem. O caso ocorreu em novembro de 2019, no Jardim América, em Goiânia.

Consta dos autos que Vanderlei e a vítima discutiram momentos antes do crime, em razão de a mulher não ter cumprido o suposto combinado. O homem, então, foi até um bar, ingeriu bebidas alcoólicas e, após duas horas, retornou para sua residência.

Por volta das 16h30, ele consumiu outras duas cervejas e, enquanto a vítima e a filha limpavam a cozinha e falavam sobre problemas familiares, o denunciado se enfureceu, se aproximou de Maria e a agrediu pelas costas com dois golpes de faca.

Conforme expõe a denúncia, um policial que passava pelo local escutou os gritos da filha da vítima e chamou uma unidade do Corpo de Bombeiros, que socorreu a mulher. Para o MP, o acusado utilizou recurso que impossibilitou a defesa da vítima, uma vez que a golpeou pelas costas.

O órgão reforçou que a tentativa de homicídio praticada contra Maria ocorreu por ela ser do sexo feminino. Vanderlei continua preso na Casa de Prisão Provisória (CPP) de Aparecida de Goiânia.