FolhaPress

Júri absolve PM suspeito pela morte de jovem na zona sul de SP

Segundo a sentença, não há prova suficiente para a condenação do policial

Guilherme Silva Guedes, 15 anos, foi encontrado morto, após ser abordado por dois homens armados na zona sul de SP, na madrugada de 14 de junho
Júri absolve PM suspeito pela morte de jovem na zona sul de SP (Foto: Arquivo Pessoal)

O 1º Tribunal do Júri da Capital absolveu no final da noite desta quarta (13) o sargento da Polícia Militar Adriano Fernandes de Campos, 43 anos, um dos suspeitos pelo sequestro e morte do adolescente Guilherme Silva Guedes, 15, em junho do ano passado, na zona sul de São Paulo. O réu foi inocentado por maioria dos sete jurados.

Segundo a sentença de absolvição, não há prova suficiente para a condenação do policial, que está preso no Presídio Militar Romão Gomes, na Vila Albertina (zona norte da capital paulista). A Justiça determinou que seja expedido, com urgência, o alvará de soltura de Campos.

O adolescente foi levado da frente da casa de sua avó, na Vila Clara, e teve o corpo encontrado no cruzamento da avenida Alda com a travessa da Saúde, no bairro Eldorado, no limite entre São Paulo e Diadema. Ele foi baleado.

De acordo com a investigação, imagens captadas do ponto onde o adolescente estava indicaram a presença de Campos, que à época estava lotado no 6° Baep (Batalhão de Ações Especiais de Polícia) de São Bernardo do Campo (na Grande São Paulo).