Infraestrutura

Juiz determina interdição parcial das rodovias GO-060 e GO-173 devido a danos na pista

Interdição se deve aos buracos, deformações e falta de sinalização nas rodovias. Goinfra deve providenciar ações para a recuperação das vias


Fabricio Moretti
Do Mais Goiás | Em: 14/02/2019 às 17:20:34

Recuperação nas rodovias GO-173 e GO-060 (Foto: Divulgação/Goinfra)
Recuperação nas rodovias GO-173 e GO-060 (Foto: Divulgação/Goinfra)

Nesta quinta-feira (14), o juiz Marcos Boechat Lopes Filho determinou a interdição parcial da GO-060 e GO-173, nos trechos entre as cidades de Israelândia e Jaupaci, e entre Iporá e o trevo para a cidade de Moiporá. A proibição do uso das rodovias acontece após a Unidade Técnico-Pericial de Engenharia do Ministério Público de Goiás (MP-GO) constatar buracos, depressões, trincas, deformações e falta de sinalização nas estradas.

O magistrado estipulou o prazo de cinco dias para que a Agência Goiana de Infraestrutura e Transportes (Goinfra) providencie ações emergenciais e provisórias para a recuperação das vias, e o prazo de 30 dias para os reparos definitivos.

“São necessárias que medidas emergenciais sejam tomadas pelos órgãos públicos responsáveis pelas rodovias estaduais a fim de conter graves e significativos danos”, afirmou o juiz. Assim, temporariamente está proibido o tráfego de veículos pesados nos trechos citados, sendo permitido somente o fluxo de motocicletas, automóveis de passeio, ônibus de transporte de passageiros e caminhões de até dois eixos.

Resposta

Por meio de nota, a Goinfra informa que ainda não foi intimada da decisão judicial. Entretanto, informa que não há qualquer razão técnica para interdição das rodovia, pois a recuperação do trecho crítico da GO-060 já foi iniciada e está em fase de conclusão. A atual gestão também culpou a anterior pela deterioração da malha viária. “A nova gestão está adotando medidas emergenciais para solução dos problemas existentes”, diz o texto.​​

Desmoronamento

Na última segunda-feira (12) houve um desmoronamento na GO-060, na altura do Km 207, entre Israelândia e Iporá, abalando quatro metros de extensão da via. O trecho atingido precisou ser interditado pela Polícia Rodoviária Estadual, onde ainda há trincas no asfalto do outro trecho da pista, liberado para o tráfego, indicando grave risco de novo desmoronamento.