Goiânia

Jovens executados em bar no Conjunto Riviera postaram foto antes de serem mortos

Lucas Neis e Lucas Vitório foram mortos com tiros de pistolas logo após postarem foto em rede social. Só um deles tinha passagem pela polícia





//

A polícia ainda não tem pistas dos dois homens que executaram com mais de 15 tiros  os amigos e xarás Lucas da Silva Neis e Lucas Vitório de Souza, ambos de 20 anos. O crime foi praticado dentro de um bar que fica no Conjunto Riviera, em Goiânia, no final da tarde desta segunda-feira, logo após as vítimas postarem uma foto em rede social.

De acordo com informações repassadas por policiais que atendem a ocorrência, os amigos estavam tomando chopp no Califórnia Steakhouse, que fica na Avenida Liberdade, quando, por volta de 17h30, dois homens também jovens chegaram e, sem dizer nada, dispararam pelo menos 20 vezes. Perto do corpo das vítimas, a polícia recolheu estojos de pistolas Calibre 380 e Ponto 40, sendo esta segunda arma de uso restrito.

Logo após o crime, os dois suspeito, um deles magro e de boné, e o outro gordinho, fugiram em um Gol modelo novo de cor vermelha cuja placa não foi anotada por testemunhas. Uma garota que estava perto das vítimas foi ferida no pé por uma bala perdida.

A ficha criminal de Lucas Neis, que também era conhecido como “abuso” mostra que ele já esteve preso este ano no Complexo Prisional de Aparecida de Goiânia, e atualmente respondia em liberdade por roubo, tráfico de drogas, receptação, uso de drogas e porte ilegal de armas.

A foto encontrada no celular de uma das vítimas mostra que pouco antes de morrerem eles postaram uma foto juntos na Internet, fato que será investigado pela Delegacia de Homicídios. Lucas Vitório, que era conhecido como “canseira”, não tem passagens pela polícia.