Amor

Jovem que teve 65% do corpo queimado é pedida em casamento

"Casei com a alma dela", diz noivo que largou o emprego para cuidar da amada





//

A jovem Turia Pitt foi vítima de um grande incêndio florestal na Austrália, durante uma maratora em 2011. Ela teve 65% do corpo queimado e precisou amputar alguns dedos das mãos. Nada disso impediu que Michael Hoskin pedisse a noiva em casamento.

Michael Hoskin abandonou o emprego e resolveu cuidar e auxiliar no tratamento da amada. Após quatro anos do acidente, Turia comunicou que foi pedida em casamento.

“Tenho sorte de ir dormir junto com esse homem maravilhoso. Cada dia que acordo junto dele é um grande dia”, declarou ela nas redes sociais.

Em recente entrevista, Michael expôs todo seu amor à jovem ao responder um questionamento: “Em nenhum momento você pensou em deixá-la e contratar uma pessoa para cuidá-la e seguir sua vida?”. E ele respondeu: “Eu casei com a alma dela, com o caráter dela e é a única mulher que me continua a encher meus olho”.

O casamento dos dois ainda não tem data definida.