Homicídio

Jovem morre e outro fica ferido após serem baleados em saída de festa, em Caldas Novas

João Vinícius, 20 anos, foi alvejado por vários disparos e morreu no local. Polícia Civil investiga o caso


Kayque Juliano
Do Mais Goiás | Em: 07/01/2019 às 12:19:32

O caso é investigado como acerto de contas(Foto: Redes Sociais)
O caso é investigado como acerto de contas(Foto: Redes Sociais)

Um jovem morreu e outro ficou ferido após serem baleados na saída de uma festa, na madrugada desta segunda-feira (7), no Residencial Recanto dos Amigos, em Caldas Novas, região Sul de Goiás. De acordo com a Polícia Civil (PC), o caso é investigado como acertos de contas.

Segundo a corporação, os jovens foram surpreendidos pelos disparos de arma de fogo no momento em que saíam de um local de festa conhecido como Casa Verde. Evaldo Batista dos Santos Lima Junior tentou correr, mas foi alvejado na perna. Ele foi socorrido por terceiros e levado para a Unidade de Pronto Atendimento da região e, após receber os primeiros atendimentos, foi transferido para o Hospital de Urgências de Goiânia (Hugo).

Em nota, o Hugo informou que o jovem foi submetido a procedimento cirúrgico na manhã de hoje (7). Ele está em estado regular, orientado, consciente e respirando de forma espontânea.

O outro rapaz, identificado como João Vinícius Ferreira de Souza, 20 anos, foi alvejado por vários disparos e foi encontrado sem vida às margens da rodovia próximo ao local de eventos. De acordo com a PC, foram encontradas diversas cápsulas de pistola ponto 380 que foram apreendidas e passarão por perícia.

Um inquérito foi instaurado para investigar o caso. Segundo o delegado Wlisses Valentim, a vítima que ficou ferida possuí vários antecedentes criminais por tráfico de drogas, posse de armas e drogas, além de crimes de trânsito.

“Agora nós vamos buscar por câmeras de segurança que possam ter flagrado o momento da execução. Durante a semana iremos ouvir testemunhas para elucidar sobre a motivação e autoria do crime. A princípio o caso é tratado como acerto de contas”, explica o delegado.