Joao Paulo Alexandre
Do Mais Goiás

Jovem é preso suspeito de matar japonesa e ocultar corpo em Abadiânia

De acordo com a Polícia Civil (PC), o cadáver encontrado tem características compatíveis com relato de desaparecimento, feito no último dia 15 de novembro

Corpo encontrado em cachoeira de Abadiânia é de japonesa
Corpo encontrado em cachoeira de Abadiânia é de japonesa

Policiais civis prenderam, na última segunda-feira (16), um jovem, de 18 anos, suspeito de matar uma japonesa e ocultar o corpo em Abadiânia, a 90 quilômetros de Goiânia. De acordo com o delegado Albert Peixoto Salvador, o rapaz alegou que a vítima era asiática e que a matou na tentativa de roubá-la para quitar uma dívida de drogas.

O delegado revela que o crime foi cometido no último dia 10 de outubro. O intuito, segundo a investigação, era de roubar alguém para que o suspeito pudesse quitar uma dívida de R$ 670 com traficante de drogas. Foi com esse objetivo que ele entrou em uma cachoeira situada nas proximidades da Casa Dom Inácio de Loyola, onde se deparou com a vítima.

“Ele nos relatou que foi nesse lugar por ter bastante estrangeiros. Ao anunciar o assalto, a moça teria resistido e então ele a estrangulou com a própria camisa que usava. Ele disse que fez isso com medo de ser denunciado”, conta.

Ainda segundo o investigador, logo após o crime, ele jogou o corpo da mulher em uma vala e o cobriu com terra e pedras. Ao delegado, ele contou que não viu nada de valor e ateou fogo em alguns pertences da vítima. Ele teria ficado com a camisa da moça que, segundo ele em depoimento,  foi descartada num contêiner da cidade.

Jovem é preso suspeito de matar e ocultar corpo de mulher japonesa, em Abadiânia

Jovem é preso suspeito de matar e ocultar corpo de mulher japonesa, em Abadiânia (Foto: divulgação/Corpo de Bombeiros)

Desaparecimento da mulher

O delegado afirma que o desaparecimento da mulher foi registrado no último domingo (15). No dia seguinte, polícia e Corpo de Bombeiros deram início às buscas com auxílio de cães farejadores.

No relato de desaparecimento, constava que a mulher tinha 43 anos. “Apesar disso, estamos aguardando o resultado da perícia e do laudo cadavérico para saber se estamos falando da mesma pessoa”, destaca ao delegado.

O jovem, que completou 18 anos neste ano, já tinha registro por ato infracional análogo a estupro. Entretanto, ainda não foi possível saber se a mulher foi vítima de violência sexual. “De início, ele está sendo investigado pelo latrocínio e ocultação de cadáver, mas claro que pode mudar com o laudo pericial cadavérico”, ressalta. O jovem está recolhido no presídio de Alexânia.

Jovem é suspeito de matar e ocultar corpo de mulher japonesa, em Abadiânia

Jovem é suspeito de matar e ocultar corpo de mulher japonesa, em Abadiânia (Foto: divulgação/PC)

 

Envie fotos, vídeos, denúncias e reclamações para a equipe do Portal www.EMAISGOIAS.com.br pelo WhatsApp (62) 98272-3896 ou entre em contato pelo (62) 3259-6500