Sexo fatal

Jovem é presa suspeita de roubar, agredir e manter idoso em cárcere privado, em Aragarças

De acordo com a Polícia Civil (PC), o idoso contou que a mulher era garota de programa. Ele também afirmou que foi agredido por cerca de seis horas


Joao Paulo Alexandre
Do Mais Goiás | Em: 30/09/2019 às 19:25:23

Jovem é presa suspeita de roubar, agredir e manter idoso em cárcere privado, em Aragarças (Foto: Divulgação/PC)
Jovem é presa suspeita de roubar, agredir e manter idoso em cárcere privado, em Aragarças (Foto: Divulgação/PC)

Uma jovem de 22 anos foi presa, neste domingo (29), suspeita de roubar, agredir e manter em cárcere privado um idoso, de 66 anos, em Aragarças. De acordo com a Polícia Civil (PC), Estefânia Bueno agiu com a ajuda de dois comparsas. Eles ainda não foram identificados e continuam foragidos.

Segundo o delegado Ricardo Galvão, o idoso contou que a suspeita é garota de programa e que, várias vezes, teria pago para se relacionar com ela. No início do mês, em um dos encontros, ele teria sido rendido pela mulher e os outros suspeitos. “Ele contou que foi agredido por cerca de seis horas. A caminhonete dele, uma Fiat Toro, era o objetivo do roubo pelo trio”, ressalta.

O homem ainda disse que, num momento de distração, conseguiu fugir e foi à delegacia. Fotos de mulheres foram mostrada até ele reconhecer Estefânia. O carro da vítima foi encontrado dias depois abandonado na saída para Bom Jardim. Ricardo conta que um mandado de prisão foi expedido no decorrer das investigações mas Estefânia já havia fugido. “Entretanto, a Polícia Militar realizou uma abordagem dela e entrou em contato com a gente. Ela foi detida na própria cidade”, destaca.

Ricardo que ela deve ser ouvida nos próximos dias. Ela foi encaminhada para o presídio feminino de Israelândia, a 209 quilômetros de Aragarças. A jovem já possui antecedentes por ameaça e disparo de arma de fogo. Agora responderá por roubo com pena aumentada por restringir a liberdade da vítima. Se condenada, poderá pegar até 15 anos de prisão.