CRUELDADE

Jovem é condenado por estuprar, torturar e matar idosa de 64 anos, em Aparecida

Igor Ribeiro Nascimento, de 20 anos, foi condenado a 26 anos e cinco meses de reclusão. Ele aliciou dois menores de idade para ajuda-lo no crime


Artur Dias
Do Mais Goiás | Em: 22/09/2020 às 23:07:26

(Foto: Divulgação / PC)
(Foto: Divulgação / PC)

A justiça condenou Igor Ribeiro Nascimento, acusado de matar e torturar uma idosa em junho de 2019, pelos crimes de latrocínio, tortura e corrupção de menores. O jovem tem 20 anos e foi condenado a 26 anos e cinco meses de reclusão, além do pagamento de 450 dias-multa.

Igor foi acusado de aliciar um casal de adolescentes de 15 anos para roubar a casa da vítima, T.M.C. O corpo dela foi encontrado dois dias depois do crime, carbonizado e enterrado, depois que os vizinhos reclamaram do mal cheiro que vinha de dentro da residência dela, no Setor Moinho dos Ventos, em Aparecida de Goiânia.

Relembre o caso

De acordo com os autos, no dia 25 de junho de 2019 o acusado reuniu-se com os adolescentes em uma praça no centro da cidade para cometer o crime. Eles pularam o muro, renderam a vítima e a trancaram em um dos quartos enquanto procuraram objetos de valor na casa.

Em determinado momento, T.M.C. conseguiu se soltar e começou a gritar por ajuda. Diante disso, Igor a estuprou e a torturou, esfaqueando-a na barriga e cortando seus pulsos. Depois disso, ele cortou uma das mamas da vítima, arrancou o coração e parte do pulmão e o deu para os cachorros da casa comerem.

Em seguida, o acusado colocou um pano sobre o corpo, derramou um líquido inflamável e ateou fogo. Os três ainda jogaram terra e pedaços de madeira em cima do cadáver, na tentativa de eliminar o cheiro. Em seguida, pegaram eletrodomésticos da casa e fugiram.