Do Mais Goiás

Jovem de 24 anos morre ao ter complicação após cirurgia para retirada da vesícula

Nicolas Bernardini sofreu de falência múltipla dos órgãos três dias após a operação realizada em um hospital da cidade de Montenegro

Nicolas Bernardini sofreu de falência múltipla dos órgãos três dias após a operação realizada em um hospital da cidade de Montenegro

O jovem Nicolas Bernardini, de 24 anos, morreu depois de fazer uma cirurgia de retirada de pedra na vesícula, um procedimento considerado simples. A família suspeita que houve algum erro médico. As informações são da Record TV.

O jovem sofreu de falência múltipla dos órgãos três dias após a operação realizada em um hospital da cidade de Montenegro, no Rio Grando do Sul. Depois do desconforto do procedimento não passar, a mãe de Nicolas o levou a um pronto socorro e o designer foi encaminhado com urgência para o mesmo hospital.

Depois de algumas horas e exames, foi constatado uma perfuração no intestino. O jovem havia marcado a operação há quase um ano somente como forma de precaução. A família da vítima registrou um BO (Boletim de Ocorrência) na polícia alegando negligência médica no procedimento cirúrgico e também no atendimento pós operatório.

“Por mais que eu não queira aceitar o meu filho está morto e não vai voltar. Eles não podem fazer nada mais com outras pessoas assim”, lamenta a mãe de Nicolas.

Em nota, o Hospital Montenegro disse que lamenta a morte e que prestou sentimentos à família. A instituição não liberou detalhes sobre o óbito, mas afirma que o caso vai ser analisado por uma comissão interna para apuração dos fatos.

O Hospital Montenegro informou ainda que preza por um atendimento de qualidade a todos os seus pacientes. Além disso, explicou que todos os óbitos ocorridos na instituição são encaminhados às comissões internas para análise, “sendo tomadas todas as medidas cabíveis”, afirmou, em nota. Sobre a possibilidade de erro médico, o hospital não se manifestou.