Conselheiro titular

José Eliton é empossado no Conselho Deliberativo do Sebrae-GO

A 6ª reunião ordinária do ano serviu, ainda, à apresentação de dois programas da instituição: Negócio a Negócio e Sebrae Aqui





//

O vice-governador e secretário de Desenvolvimento Econômico, Científico e Tecnológico e de Agricultura, Pecuária e Irrigação (SED), José Eliton, tomou posse, nesta terça-feira (9/5), como conselheiro titular no Conselho Deliberativo do Serviço Brasileiro de Apoio a Micro e Pequenas Empresas em Goiás (Sebrae-GO) para um mandato de quatro anos.

Durante a posse, José Eliton destacou os relevantes serviços prestados pela instituição à sociedade brasileira no sentido de fortalecer e criar oportunidades e dar esperança aos que querem empreender, através do incremento da economia do estado, gerando emprego e renda.

Para José Eliton, participar do Conselho Deliberativo do Sebrae-GO é motivo de satisfação e orgulho e uma oportunidade de estreitar ainda mais a relação entre o Governo do Estado e a instituição. “Vamos fortalecer as parcerias, na medida em que temos objetivos convergentes, para ações conjuntas de modo a diminuir custos para ambos e dar eficiência na atividade fim que é ofertar informação, educação e serviços à população que quer empreender nas diversas regiões do estado”, disse.

Na mesma reunião ordinária, a 6ª deste ano, coordenada pelo vice-presidente Ubiratan da Silva Lopes, foi também empossado como conselheiro titular o superintendente do Banco do Brasil em Goiás, João Batista de Sá Aires.

O Conselho Deliberativo do Sebrae é formado por 26 conselheiros que, na sua maioria, tomaram posse em 5 de janeiro. Com a posse do vice-governador e do superintendente do Banco do Brasil nesta terça-feira, o Conselho está quase completo, faltando apenas a posse de José Mário Schreiner, presidente da Federação da Agricultura do Estado de Goiás (FAEG), prevista para a próxima reunião.

PROGRAMAS

Durante a reunião, o Sebrae-GO apresentou dois programas desenvolvidos no estado e de grande alcance para os pequenos empreendedores. O Negócio a Negócio, de atendimento porta a porta aos empreendedores individuais, faz o diagnóstico das necessidades e apresenta ao empreendedor um plano de ação para melhorar sua atividade e expandir o seu negócio. São três visitas em três meses dos agentes sem custos para os empreendedores que não precisam se deslocar em busca de orientação. A meta para este ano é atender 35.967 empresários e metade já foi atendida nos primeiros cinco meses.  

O outro programa apresentado foi o Sebrae Aqui, de atendimento móvel em diferentes cidades e realização de eventos em parceria com o Sebrae-DF para atendimento à região do Entorno de Brasília.

Ainda na 6ª reunião ordinária foram aprovados relatórios e outros itens da pauta interna da instituição. A próxima reunião será realizada no dia 14 de julho.