Intolerância

Jornal alemão que publicou charges do Charlie Hebdo é incendiado

Ligação com o atentado terrorista de Paris ainda não está confirmada.





//

Um incêndio criminoso atingiu o prédio do jornal Hamburger Morgenpost neste domingo (11/11), na cidade de Hamburgo, na Alemanha.

Pedras e um dispositivo incendiário foram atirados contra a janela do porão do jornal, queimando alguns documentos.

Duas pessoas foram presas próximas à cena do crime por comportamento suspeito, afirmou à Reuters um policial.

Após o atentado terrorista que deixou 12 mortos em Paris na última quarta-feira (7), o Hamburger Morgenpost reimprimiu algumas das charges do Charlie Hebdo que fazem críticas ao islamismo. No entanto, ainda não há confirmação de que os casos estejam ligados.

A polícia investiga se o ataque tem mesmo relação com as charges.