Governo

Jorge Gerdau convida Marconi para a vice-presidência do Conselho Superior do Movimento Brasil Competitivo

Presidente do MBC disse que o convite se deu em razão da efetiva participação e engajamento do governador com o Movimento


Karla Araujo
Do Mais Goiás | Em: 02/06/2017 às 18:22:12

Jorge Gerdau afirmou que a parceria entre o MBC e o Governo de Goiás é sólida e exitosa (Foto: Divulgação)
Jorge Gerdau afirmou que a parceria entre o MBC e o Governo de Goiás é sólida e exitosa (Foto: Divulgação)

O presidente do Movimento Brasil Competitivo (MBC), empresário Jorge Gerdau, convidou o governador Marconi Perillo para assumir a vice-presidência do Conselho Superior da entidade. No convite entregue a Marconi, Gerdau afirma que o pedido se deu em razão da efetiva participação e engajamento do governador com a causa do Movimento.

“Considerando a efetiva participação e engajamento com a causa do MBC, muito nos honraria se aceitasse o convite para compor o quadro de vice-presidentes do Conselho Superior, como representante do Consórcio Brasil Central”, afirmou Jorge Gerdau.

O Consórcio Brasil Central (CBrC) já integra o Conselho Superior do MBC, conforme ressaltado por Gerdau no convite, “por sua notória contribuição e trabalho desempenhado como sociedade civil”. Marconi aceitou o convite, e afirmou que exercerá com muita honra a tarefa que lhe foi confiada.

Ele lembrou que a parceria entre o MBC e o Governo de Goiás é sólida e exitosa. “É uma parceria que tem, ao longo dos anos, ajudado muito o Governo de Goiás com a gestão de seus programas e a se desenvolver como estado inovador e competitivo”, disse.

O Conselho Superior do MBC é um órgão deliberativo com função de estabelecer o posicionamento político estratégico da instituição, composto por representantes do setor empresarial e da sociedade civil, com notória contribuição para a agenda de competitividade, bem como por representantes da administração pública federal.

Gerdau tem afirmado, em vários eventos que participou no Estado, que Goiás é exemplo de gestão para o País. “Goiás está em primeiro lugar em setores como Educação e Saúde. Já temos uma cultura de gestão aqui. Eu preciso de mais Goiás no Brasil para que este exemplo possa contagiar a todos”, assinalou ao ser recebido pelo governador Marconi no início deste ano.