Música

Jonas Esticado faz show em Goiânia, na boate VillaMix, nesta sexta-feira

Cantor, potência do forró no Nordeste, sente o peso de se apresentar na capital do Sertanejo, mas garante repertório especial para hoje


Murillo Soares
Do Mais Goiás | Em: 07/04/2017 às 15:42:05

Cantor rebate o rótulo de
Cantor rebate o rótulo de "Novo Safadão" dizendo que "cada um tem suas qualidades e méritos" (Foto: Divulgação)

O cearense Jonas Esticado está em Goiânia pela quarta vez e, nesta sexta-feira (7) se apresenta na boate VillaMix. O show é parte da agenda apertada do cantor, que já chegou a fazer 38 apresentações por mês. “Você se lembra de quando começou e ensaiava, mentalizando e pedindo muitos e muitos shows”, disse ele. “É um pouco difícil, mas é satisfatório”, completou.

Se você ainda não conhece Jonas Esticado, prepare-se: você ainda vai conhecer. A julgar pelos números dele nas plataformas de streaming, é estranho você ainda não conhecê-lo. No YouTube são mais de 7 milhões de visualizações – 4 milhões delas de um vídeo com Jorge (do Matheus). No Spotify, são 81 mil ouvintes mensais.

Tudo isso em dois anos de carreira profissional, sem contar os tempos de quando se apresentava em bares e boates. Aliás, foi de lá que veio o nome “Esticado”. “É uma gíria. Eu fazia três horas de show e a galera, não satisfeita, pedia para eu ‘esticar’ o repertório”, explicou. Depois desta apresentação em Goiânia, ele voltará à capital para o festival Villa Mix.

Olha a responsabilidade, hein

Jonas já não é novato em Goiânia. Por isso, sabe que está tocando na capital do sertanejo, gênero que ele também abraça, sobretudo por ser apadrinhado por Jorge. “O peso da responsabilidade de tocar aqui é presente. Já pensamos em um repertório especial, com músicas da galera goiana”, contou.

No setlist, inclusive, vai ter músicas de Jorge. Ele pediu pra avisar. Esta, aliás, é uma das influências dele. “Também Matheus e Kauan, Alok e alguns outros DJs”, disse ele. E, apesar de Esticado ser um cantor de forró, ele gosta muito de eletrônica.

Essa mistura de ritmos e inspirações virou um repertório. E este repertório virou um DVD, gravado em Maceió, com ingressos esgotados. O resultado, segundo ele, deve ser compartilhado com o público ainda este mês. O show do DVD já está rodando o país.

Não é o Safadão?

Não, não é o Wesley Safadão. A comparação é inevitável devido ao estilo musical similar, mas Jonas descarta qualquer outra semelhança além disso. “É bom ser comparado a ele, mas cada um tem suas qualidades e méritos. Eu o admiro muito”, explicou. “Se você ouvir o Jonas Esticado, você verá que há diferença”, continuou.