Série B

Joinville vence o Náutico e segue na cola do líder Avaí

Com vitória, JEC soma sete jogos de invencibilidade e segue na segunda colocação com 43 pontos




Com dois gols do atacante Edigar Júnio, que entrou para substituir o titular Fabinho, o Joinville derrotou o Náutico pelo placar de 2 a 1, em plena Arena Pernambuco, no Recife, nesta terça-feira, pela 23.ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B, e, de quebra, segue na cola do líder e arquirrival Avaí.

Com a vitória, o Joinville soma sete jogos de invencibilidade e segue na segunda colocação com 43 pontos, um a menos do que o Avaí. Por sua vez, o Náutico viu cair a sua série de três jogos sem derrotas e perdeu a chance de entrar de vez na briga pelo G4. O clube pernambucano fica assim com 34 pontos na tabela de classificação.

O time catarinense segurou a pressão inicial do Náutico e foi logo abrindo o placar em sua primeira chance de perigo. Aos 9 minutos, Edigar Júnio recebeu dentro da área, dominou com categoria e tirou do goleiro Júlio Cesar. O empate, porém, não demorou a acontecer. Aos 11, a defesa do clube catarinense se atrapalhou e a bola sobrou para Sassá, que chutou de chapa no canto esquerdo de Ivan.

Mesmo após ter sofrido o gol, o Joinville seguia com mais posse de bola e desperdiçou boas chances de marcar. Mário Risso por pouco não fez contra – Júlio Cesar salvou. Em seguida, Jael arriscou de falta e a bola passou perto do gol. Até que, aos 45 minutos, Marcelo Costa lançou na área, Edigar Júnio desviou de cabeça e fez seu segundo na partida.

A segunda etapa começou com tudo e o Náutico ficou muito próximo de fazer o gol de empate. Em vantagem no marcador, o Joinville recuou e começou a deixar o tempo passar. As chances de gols eram criadas esporadicamente por ambos os times.

Edigar Junio tentou fazer o terceiro, mas mandou fraquinho nas mãos de Julio César. Por outro lado, Ivan foi buscar a bola, após chute de Roberto. O goleiro ainda salvou o clube catarinense ao segurar o chute de Sassá nos minutos finais do confronto.

Na próxima rodada, a 24.ª, o Náutico enfrenta o Vasco neste sábado, às 16h10, no estádio de São Januário, no Rio. Já o Joinville volta a campo nesta sexta contra o Atlético Goianiense às 19h30, na Arena Joinville, em Joinville (SC).

FICHA TÉCNICA
NÁUTICO 1 x 2 JOINVILLE

GOLS – Edigar Júnio, aos 9 e aos 44, e Sassá, aos 12 minutos do primeiro tempo.

CARTÃO AMARELO – Murilo (Joinville).

ÁRBITRO – Francisco Carlos do Nascimento (Fifa/AL).

RENDA – R$ 208.340,00.

PÚBLICO – 8.653 pagantes.

LOCAL – Arena Pernambuco, no Recife (PE).

NÁUTICO – Julio César; Rafael Cruz, Renato Chaves, Mário Risso e Roberto; Elicarlos, Marcone (Guilherme), Vinícius (Bruno Furlan) e Cañete (Marinho); Sassá e Crislan. Técnico: Dado Cavalcanti.

JOINVILLE – Ivan; Murilo (Guti), Bruno Aguiar, Thiago Medeiros e Rogério; Anselmo (Naldo), Washington, Everton e Marcelo Costa; Edigar Júnio (Hugo) e Jael. Técnico: Hemerson Maria.