Esportes

Joinville perde para Oeste, mas é campeão da Série B

Equipe catarinense termina com 70 pontos, um a mais que a Ponte Preta, com 69




Não foi da forma que gostaria, mas o Joinville conseguiu comemorar a conquista do Campeonato Brasileiro da Série B. O time catarinense foi derrotado pelo Oeste, 1 a 0, no Estádio dos Amaros, em Itápolis (SP), pela última rodada, e mesmo assim confirmou a conquista para festa de mais de 300 torcedores que viajaram mais de 850 quilômetros para comemorar.

Os catarinenses entraram na rodada como líderes, precisando de apenas um ponto para confirmar conquista, e acabaram campeões por causa do empate da Ponte Preta com o Náutico, por 1 a 1, em Pernambuco. Sendo assim, o Joinville terminou com 70 pontos, um a mais que o time campineiro, com 69. O Oeste também fez festa, pois chegou aos 48 pontos, em 15º lugar, e escapou do rebaixamento.

Este é o segundo título nacional do Joinville. Em 2011, o time catarinense conquistou a Série C do Brasileiro. O goleiro Ivan, que levantou o troféu neste sábado, é o único remanescente da conquista.

Mesmo jogando fora de casa, o Joinville começou melhor e tentou surpreender o adversário apostando na velocidade pelas laterais para não depender de ninguém para conquistar o título. Com mais posse de bola e presença no campo de ataque, os visitantes, no entanto, não conseguiram levar perigo ao goleiro Paes.

O anúncio do gol sofrido pela Ponte Preta diante do Náutico deixou as coisas mais tranquilas para o time catarinense. Foi aí que o Oeste começou a tomar contar do jogo. As chances de perigo foram apenas em cobranças de falta em cima da insegura defesa do Joinville, que falhou duas vezes em levantamentos para a área.

O Joinville voltou para a etapa final desinteressado e pagou o preço aos sete minutos, quando o Oeste abriu o placar. Pablo fez linda jogada pela direita, deixou Rogério na saudade e fez o levantamento. Cristiano antecipou a marcação e, mesmo sem jeito, desviou para o fundo das redes.

No mesmo tempo em que foi vazada, a Ponte Preta empatou e voltou a ter esperança pelo título. Isso deixou os catarinenses nervosos e facilitou a vida do Oeste. Os paulistas conseguiram controlar a partida, mas viram seu domínio virar desespero quando Dionísio foi expulso. Aí o jogo pegou fogo.

O Joinville se abriu e contou com excelente intervenção de Ivan em contra-ataque para evitar derrota ainda pior. Os catarinenses na base da pressão, ainda tiveram chance de empatar com Marcelo Costa, mas Paes fez um pequeno milagre que garantiu a vitória e a permanência do seu time na Série B.

FICHA TÉCNICA
OESTE 1 X 0 JOINVILLE

GOLS – Cristiano, aos sete minutos do segundo tempo.
ÁRBITRO – Pericles Bassols Pegado Cortez (RJ).
CARTÕES AMARELOS – Bruno Aguiar e Anselmo (Joinville).
CARTÕES VERMELHOS – Dionísio (Oeste) e Everton (Joinville).
RENDA – R$ 9.945,00.
PÚBLICO – 868 pagantes.
LOCAL – Estádio dos Amaros, em Itápolis (SP).

OESTE – Paes; Ezequiel, Halisson, Daniel Gigante e Denis; Dionísio, João Denoni, Jeferson Paulista (Leandro Melo) e Lelê; Pablo (Ramires) e Cristiano (Serginho). Técnico: Roberto Cavalo.

JOINVILLE – Ivan; Edson Ratinho, Bruno Aguiar, Guti e Rogério; Naldo, Anselmo (Fabinho), Everton e Marcelo Costa (Wellington Saci); Fernando Viana (Furlan) e Edigar Junio. Técnico: Hemerson Maria.