Férias no Araguaia

Itens de camping e pesca podem variar até 633% em Goiânia

Procon Goiás alerta sobre a importância da pesquisa de preço. É a primeira vez que o órgão encontra uma variação de preço tão expressiva na capital


Amanda Sales
Do Mais Goiás | Em: 08/07/2018 às 09:21:42

Foto: Reprodução/Internet
Foto: Reprodução/Internet

Durante as férias de julho, muitos goianos têm o hábito de utilizar o tempo livre para acampar e pescar. Pensando nisso, o Procon Goiás realizou uma pesquisa em nove estabelecimentos de Goiânia, nos quais se analisou o preço de 98 itens como barracas, anzol, lanterna, colchão inflável, fogareiro, caixa térmica, repelente, dentre outros. A variação entre o mesmo produto em lojas diferentes foi de até 633%.

No comparativo entre as pesquisas realizadas em julho de 2017 e no mesmo período de 2018, a média de preços subiu em R$ 3,92%. No entanto, para o gerente de Pesquisa e Cálculo do Procon Goiás, Gleidson Tomaz, o principal ponto destacado pela pesquisa foi a necessidade de investigação de preços antes da compra, já que a variação de produtos semelhantes em diferentes lojas foi grande.

“Pela primeira vez nós encontramos uma variação tão expressiva nesses produtos. Quando a gente fala que o produto é idêntico é a mesma marca e o mesmo modelo. No caso do anzol, a caixinha com 100 unidades, nós encontramos a caixinha em um lugar por R$ 6 e em outro a R$ 48. Nesse caso a variação foi de 633%”, explica Gleidson.

A linha de pesca também apresentou variação grande, de 140%. Para Gleidson, como esses produtos não têm preços tabelados, os comerciantes apostam nas compras de última hora – em que geralmente não há pesquisa ou comparação de valores – para subir o preço dos itens e obter mais lucro.

Além da pesquisa de preços que pode ser conferida aqui, o Procon Goiás realizou, juntos aos gerentes de empresas do ramo de camping e pesca e com a assessoria de comunicação do Corpo de Bombeiros Militar de Goiás, um manual de sobrevivência para pescarias e acampamentos. Confira abaixo algumas dicas:

Dicas:

  • Nos casos de pesca durante a noite, é recomendável sempre dar preferência para locais próximo ao acampamento, rio acima, pois havendo algum problema técnico na embarcação, pode-se retornar utilizando os remos;
  • Equipamentos de primeiros socorros e medicamentos de emergência não podem faltar como antidiarréicos, antitérmicos, digestivos, etc;
  • Deve sempre ser evitada a exposição exagerada ao sol, caso ocorra insolação, deve tomar um banho frio e utilizar um creme hidratante seguindo a recomendação do fabricante.

Orientações gerais

Além da velha dica de pesquisar os preços, fique atento e procure aproveitar as promoções comuns nesta época do ano. Faça as compras com calma e sem pressa, pois como esses produtos não são tabelados, a compra sem os devidos cuidados pode representar grande prejuízo no bolso;

Evite ainda comprar produtos sem procedência (mercado informal) e que não emitem nota fiscal, como ambulantes e camelôs sem devido registro. O preço, muitas vezes, pode até ser mais vantajoso, mas o prejuízo pode vir na quantidade e qualidade do produto e muito provável, terá grandes dificuldades para reclamar sobre o produto, caso apresente problema.