Do Mais Goiás

Investigado por guardar pornografia infantil é suspeito de estuprar o irmão, em Goiânia

Homem foi preso com mais de 5 mil vídeos pornográficos

Investigado por armazenar pornografia infantil é suspeito de estuprar o irmão em Goiânia Um homem, de 33 anos, investigado por armazenar mais de 5 mil vídeos pornográficos infantis foi preso suspeito de estuprar o irmão de sete anos.
Investigado por armazenar pornografia infantil é suspeito de estuprar o irmão em Goiânia (Foto: Reprodução/Polícia Civil)

Um homem de 33 anos, investigado por armazenar mais de 5 mil vídeos pornográficos infantis, foi preso suspeito de estuprar o irmão de sete anos. Segundo a Polícia Civil, ele chegou a ser capturado em abril deste ano por causa dos filmes, mas foi liberado. Porém, as investigações continuaram e os policiais descobriram que o suspeito também abusou de seu irmão menor de idade, sendo detido, novamente, no domingo (6), em Goiânia.

Durante a análise dos filmes, os policiais perceberam que, entre os vídeos que estavam no aparelho do investigado, tinham imagens de um menino com semelhança física ao suspeito. Foi então que os agentes comprovaram que aquela criança era o irmão do homem e que ele aparecia violentando o garoto.

Os policiais verificaram, também, que as imagens do abuso sexual teriam sido produzidas pelo homem na época em que seu irmão tinha apenas sete anos de idade. Desta forma, a autoridade policial representou judicialmente pela prisão preventiva do indiciado e, após parecer favorável do Ministério Público, esta foi deferida.

Segundo a delegada Sabrina Leles, esse tipo de crime deve ser investigado de forma cautelosa, pois os mesmos que assistem aos conteúdos pornográficos infantis podem também ser os autores dos estupros. “A investigação chamou atenção de toda a equipe da Delegacia Estadual de Repressão a Crimes Cibernéticos (DERCC) e deixa o alerta de que a prática de compartilhar e armazenar imagens pornográficas infantis deve ser encarada como algo inaceitável, pois muitas vezes aquela pessoa pode ser um estuprador e não somente um adorador criminoso de tais imagens”, diz.

*Com informações da Polícia Civil

Polícia prende suspeito de estuprar sobrinha por dois anos em Goianésia; leia.