Investimento

Investidores querem instalar usina de biocombustível em Jataí

O projeto prevê ainda o fomento para toda a cadeia do milho, com produção de ração e óleo.


mgadmin
Do Mais Goiás | Em: 28/07/2014 às 15:41:46


O secretário da Indústria e Comércio, William O’Dwyer recebeu recentemente representantes de uma joint venture interessados em investir cerca de US$ 400 milhões na produção de etanol em Jataí, na Região Sudoeste de Goiás. A ideia é instalar uma usina para extrair combustível a partir do milho. O projeto prevê ainda o fomento para toda a cadeia do milho, com produção de ração e óleo.

De acordo com o representante dos investidores, Charles Hefner, a associação de empresas dispõe de capital norte-americano e holandês. Apesar das empresas envolvidas na negociação não terem sido reveladas, foi informado que uma delas ocupa posição de destaque como produtora de etanol a partir do milho. “Temos muito interesse em vir para Goiás, pois o setor de biocombustível tem registrado crescimento com destaque mundial”, declarou Charles Hefner.

O secretário William O’Dwyer destacou o interesse do Estado em contar com mais esse investimento. “Nosso objetivo é oferecer condições reais para que mais investidores escolham Goiás como sua casa. A vinda de uma empresa desse porte fortalece o segmento industrial e contribui para a geração de emprego e renda na Região Sudoeste”, avalia.