Série A

Inter marca no fim, ganha do Atlético-MG e entra no G4

Fabrício faz aos 49 do segundo tempo e mantém clube gaúcho na briga pela Libertadores




Um gol salvador do lateral-esquerdo Fabrício já aos 48 minutos do segundo tempo deu a vitória ao Inter na noite deste sábado, no Beira-Rio, pela 36ª rodada do Brasileirão. Diante dos reservas do Atlético-MG, o time gaúcho sofreu para conseguir ganhar por 2 a 1 e, assim, entrar no G4.

Empurrado por mais de 38 mil pessoas no Beira-Rio, o Inter somou uma importante vitória neste sábado e chegou aos 63 pontos, ultrapassando o próprio Atlético-MG e o Corinthians, o que o levou à terceira colocação do campeonato. Assim, se manteve vivo na briga pela vaga na Libertadores.

Já o Atlético-MG voltou a poupar os titulares no Brasileirão, porque enfrentará o rival Cruzeiro, quarta-feira, na grande final da Copa do Brasil. Com isso, ficou estacionado nos 61 pontos e saiu do G4, caindo para o quinto lugar – ainda pode perder mais uma posição para o Grêmio neste domingo.

Apesar de estar com o time reserva, o Atlético-MG impôs dificuldades ao Inter em Porto Alegre. O time gaúcho saiu na frente aos 20 minutos, quando Jorge Henrique cruzou para dentro da área e Rafael Moura deslocou o goleiro Victor para fazer 1 a 0. Mas a alegria no Beira-Rio durou muito pouco.

Apenas três minutos depois do gol, Fabrício fez falta em Eduardo dentro da área. Pênalti que o garoto Dodô bateu com tranquilidade, empatando o jogo. Já no segundo tempo, o Inter começou a pressionar em busca da vitória, enquanto o Atlético-MG se fechou na defesa para garantir o empate.

Na base da raça, o Inter acabou chegando à vitória. Para se redimir do pênalti cometido, Fabrício pegou a sobra dentro da área e, mesmo de pé direito, tocou no canto para marcar 2 a 1 aos 48 minutos. Victor, que, junto com o volante Josué, foi o único titular do Atlético-MG escalado em Porto Alegre, nada pôde fazer evitar o gol do time gaúcho. Logo depois, o árbitro encerrou o jogo.

FICHA TÉCNICA:

INTER 2 X 1 ATLÉTICO-MG

INTER – Alisson; Gilberto (Valdivia), Ernando, Alan Costa e Fabrício; Willians, Aránguiz, Alex (Wellington Paulista), D’Alessandro e Jorge Henrique (Taiberson); Rafael Moura. Técnico: Abel Braga.

ATLÉTICO-MG – Victor; Alex Silva, Tiago, Edcarlos (Donato) e Pedro Botelho; Pierre, Josué, Eduardo e Daniel Oliveira; Dodô (Paulinho) e Marion. Técnico: Levir Culpi.

GOLS – Rafael Moura, aos 20, e Dodô (pênalti), aos 23 minutos do primeiro tempo; Fabrício, aos 48 minutos do segundo tempo.

ÁRBITRO – Péricles Bassols Pegado Cortez (RJ).

CARTÃO AMARELO – Aránguiz, Fabrício, D’Alessandro e Alan Costa.

RENDA – R$ 747.440,00.

PÚBLICO – 33.440 pagantes (38.006 no total).

LOCAL – Estádio Beira-Rio, em Porto Alegre (RS).